Paraíso das bicicletas. E, sim, aqui tem parquímetros

Hannover – 19h40 -Muito ao contrário da nossa Santa Maria, esta é uma cidade plana. Nao vi um único morro. Pura, completa planície. O verdadeiro paraíso das bicicletas. E… quase nenhuma motocicleta. Aliás, em quase uma semana, nao lembro de ter visto alguma.
      Em funcao disso, as bicis sao o meio de transporte mais visto, até que os carros (e menos apenas que trens e ônibus). Gente, sobretudo os mais jovens, vao para as escolas, para o trabalho e o lazer, se utilizando delas. Nada mais natural, portanto, que tenhamos, aqui, estacionamento para bicicletas. Há, quase, um para cada quarteirao. E ninguém rouba (praticamente todos têm a sua, logo…). Ainda assim, uma simples corrente é suficiente para prender o veículo até que seu proprietário retorne.
      E, claro, o estacionamento de automóveis é rotativo. Nao vi um caminhao (exceto o de bombeiros) circulando na área central. Nas ruas, o sistema é o mesmo que Santa Maria vai implantar a partir de maio: parquímetros. De última geracao, sao totalmente automatizados. E a cultura local (é a explicacao que encontro) faz com que todos os usuários paguem, mesmo que nao vejam monitores. Aliás, eu nao vi. O preco? Sabor nitidamente europeu.. hehehehe.. Sao 0,70 Euro a cada 30 minutos (2,50 reais). E o tempo máximo de estacionamento é de 2h30 (ao custo de 3,75 Euros – 10 reais). É mole? Ou quer mais?



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *