Um paraíso de consumo – Parte 2

Hannover – 17h35 – Existe uma loja na cidade, a Saturn (que tem unidades em várias cidades alemas), que vende tudo o que você imagina, e até o que está apenas em sonho, em eletroeletrônicos e produtos da chamada linha branca (geladeiras e quetais). Sao três andares, exatamente em frente à Estacao Central de Trens, em que é possível encontrar o que há de mais avancado no mercado mundial.
      Lá estivemos no sábado passado. Teve gente da delegacao (nem que me matem, digo quem – ou quais) que nao resistiu e levou uma máquina fotográfica. Nada caro, aliás, mas que vai fazer sucesso, ah vai.
      Quanto a mim, namorei uma cafeteira elétrica que só funciona com café do tipo premium. E tem que ser da Nestlé. Custa 2 Euros cada cafezinho. Um sujeito que consome cinco por dia, ao longo de um mês terá gasto 300 Euros. Ou R$ 1.100. Já um Claudemir, que toma pelo menos o triplo… é só fazer a conta. Eu me recuso. Ah, a cafeteira, só ela, custa uma “mixaria”: 100 Euros (R$ 360).
      Tenho um palpite: esse produto vai demorar a chegar ao Brasil. Tanto o aparelho, quanto o tal café premium da Nestlé.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *