Murmúrios em tons cada vez mais elevados no partido neocomunista

Acredite: há movimentos que começam a beirar a estridência também no PPS. Tem gente pra lá de descontente com a forma como o partido está ganhando visibilidade hoje, através do secretário de Habitação, Osvaldo Vargas Severo.
      A qualquer momento podem surgir novidades no seio dos neocomunistas. A bem da verdade, muuuuuito mais neo do que comunistas. Se é que há algum, ainda, no partido que já foi de Luiz Carlos Prestes.
      Ah, e também entre os líderes do PPS, há esperança de contar, como o PSB almeja, com bancada na Câmara. O alvo, aqui, é Cláudio Rosa. Mas, convenhamos, é mais um devaneio do que propriamente algo factível. Rosa, na verdade, deve, depois de abençoado por Pedro Simon (leia a nota Bênção de Simon vai garantir candidatura de Cláudio Rosa postada ontem, dia 16, às 23:28:36) , continuar mesmo é peemedebista. Ainda assim se, na undécima hora, que, no caso, é 30 de setembro, decidir sair, o caminho a ser trilhado é o que leva ao PTB – e não no time de Roberto Freire.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *