Arquivo

O que disse – e o que ouviu – a Cacism aos vereadores

Recebi, no final da tarde, material divulgado pela Assessoria de Comunicação da Câmara de Comércio e Indústria de Santa Maria acerca do encontro da diretoria da entidade com os vereadores, hoje, na sede do Legislativo, antes da sessão ordinária do Poder.
      Leia, na íntegra, a reportagem distribuída à imprensa:
     
      A Direção da Câmara de Comércio, Indústria e Serviços, Cacism, avaliou como extremamente positiva a audiência realizada no Legislativo Municipal. Na ocasião, a entidade afirmou seu apoio formal ao projeto do Executivo para a aquisição do prédio do antigo Cine Independência para transformá-lo em um shopping popular a exemplo do que já foi concretizado em outras cidades.
      Participaram da audiência, o Presidente do Legislativo, Vereador Júlio Brenner; os Vereadores Cláudio Rosa, Vilmar Galvão, Loreni Maciel, Jorge Pozzobom, João Carlos Maciel, Magali Adriano, Tubias Calil, Isaias Romero e Ovidio Mayer.
      A Cacism esteve representada pelo Presidente José Roberto Denardin e os Vice-Presidentes e Diretores Valnei Beltrame, Jorge Aita, Vacile Zimmermann, Júlio Kirchhof e Ricardo Diaz.
      Na audiência de quase duas horas, a entidade destacou que apóia o projeto porque vê nele uma oportunidade única que não pode ser desperdiçada. Chamando o projeto de corajoso, o Presidente José Roberto Denardin destacou que avalia a destinação do espaço como uma possibilidade para que os trabalhadores informais se estabeleçam em uma estrutura melhor que possibilitará, inclusive, sua transformação futura em empreendedores formais.
      “O secretário Paulo Ceccin teve a brilhante idéia e não teve medo de mexer em um tema bastante completo”, comentou Denardin. Questionado pelos Vereadores Cláudio Rosa e Tubias Calil sobre mais detalhes, os dirigentes destacaram que muitos pontos somente poderão avançar a partir da aprovação do projeto, mas que a Cacism tem plena convicção de que os pontos polêmicos poderão ser negociados e as dúvidas dirimidas. Citando o exemplo da Feisma, os empresários comentaram que o projeto também foi evoluindo a partir de uma idéia inicial, cujas melhorias e trabalhos agregaram e valorizaram o projeto inicial.
      “Evidente que existirão algumas dificuldades, mas vai depender do trabalho e acompanhamento de todos nós a construção de uma alternativa efetiva, o que inclui uma efetiva fiscalização do centro para evitar que os espaços sejam novamente ocupados pelos informais”, completou Denardin.
      A Vereadora Magali Adriano, que já participou de comissão nas outras legislaturas para analisar o camelódromo, se posicionou completamente a favor da iniciativa: “Sou favorável ao projeto, mas temos que aprovar este ano porque no ano que vem, como tem eleição, não sai mais”, alertou ela, destacando que o espaço garante melhor qualidade de vida para os próprios trabalhadores, podendo, inclusive, ser um atrativo turístico.
      Ovídio Mayer, assim como Brenner, também confirmou o apoio ao projeto do Legislativo.
      Ao final da reunião, ficou definida a abertura da reunião da direção da entidade no dia 21 para que os vereadores possam colocar suas principais dúvidas e aprofundar o debate.
      Na seqüência, representantes da CACISM foram pessoalmente conversar e entregar correspondência oficial aos vereadores que não puderam comparecer na audiência.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo