Afinal, Maciel chamou ou não o deputado de “canalha”?

Acabo de ler o material informativo da Câmara de Vereadores sobre a sessão ordinária desta terça-feira e até agora não consegui entender uma coisa: afinal, o vereador do PMDB, João Carlos Maciel, chamou ou não o deputado Paulo Pimenta de “canalha”?
      Se disse, é ofensa injuriosa que pode demandar ação judicial. Se não, alguém falou que disse, e, portanto, condenável é a ação do acusador. Que diabo aconteceu no Legislativo, hoje? Pena que não assisti nada.
      Mas, de qualquer forma, leia você mesmo o que enviou a Assessoria aos Veículos de Comunicação. Quem sabe o sempre inteligente leitor-internauta consegue chegar a alguma conclusão:
     
      Resumo dos pronunciamentos da sessão desta terça-feira
      João Carlos Maciel (PMDB) – comentou sobre o comportamento dos gaúchos na crise política que atinge o país. Maciel falou ainda sobre a demora na solução para os traileres e vans de lanches rápidos.
      Vilmar Galvão (PT) – …. Sobre o episódio envolvendo o deputado federal Paulo Pimenta, Galvão afirmou que um parlamentar da Câmara chamar o deputado Paulo Pimenta de canalha é extremamente grave. “O deputado Paulo Pimenta não é canalha. Tem sua trajetória voltada a Santa Maria e ao Estado”, comentou, acrescentando que Pimenta precisa ser respeitado.
      João Carlos Maciel ( em explicação pessoal) – afirmou que não chamou ninguém de canalha. Classificou como uma vergonha a cumplicidade de vereadores com deputados federais.
      Jorge Pozzobom (PSDB) – … Sobre o episódio envolvendo o deputado federal Paulo Pimenta, Pozzobom afirmou que, em nenhum momento, João Carlos Maciel chamou Pimenta de canalha. Criticou o prefeito Valdeci Oliveira ter dito que o presidente Lula fez discurso firme e direto ao declarar que foi traído. Declarou ter ficado indignado com a postura do deputado federal Paulo Pimenta ao dar três versões ao fato de ter entrado no veículo de Marcos Valério.
      Tubias Calil (PMDB) – … Disse ter ficado triste com o envolvimento de santa-marienses no escândalo de Brasília: Paulo Pimenta e Tarso Genro. Afirmou que não é a primeira vez que mente para a população, lembrando que o deputado mentiu, nas eleições de 2004, ao dizer que Cezar Schirmer recebia aposentadoria. Declarou que o PT é o partido mais corrupto do país.
      Vilmar Galvão (PT) – afirmou que o Partido dos Trabalhadores adota posições energéticas com os integrantes do PT que tenham realizado algo errado. O PT tem compromisso com os trabalhadores ao longo dos 25 anos e, apesar da situação desvantajosa, os militantes continuam levando a bandeira petista. Lembrou que o PT tem papel fundamental na redemocratização do país.

     
      COMENTÁRIO CLAUDEMIRIANO: Geeeenteeee!!!! Se é este que que vos escreve que diz tudo isso que nossos nobres, gentis e sempre educados parlamentares falam na tribuna, o que aconteceria???? Hein?? Já com eles, quaiquer deles… nadinha… nadinha de nada. Como são finos e elegantes os nossos edis. Noooosssa!!!!



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *