Arquivo

Câmara aprova PPI e aumento para os servidores municipais

Nem só de aprovação de moção de repúdio a árbitro de futebol (leia a notícia imediatamente abaixo desta. Felizmente. Na sessão ordinária (e numa extraordinária, realizada logo após), nesta quinta-feira, os parlamentares aprovaram o projeto de lei que concede reajuste de 2% ao salário dos servidores municipais, depois de meses e meses de negociações entre sindicatos e a prefeitura. E também aprovaram o projeto de lei que trata do Programa de Pagamento Incentivado.

No primeiro caso, 1º é o percentual a ser pago retroativamente a março deste ano a título de revisão salarial; e o outro 1º a partir do mês de janeiro de 2006, para compensar aumento do percentual a ser pago de previdência.

No segundo, o PPI significa a oportunidade para o município recuperar créditos vencidos dos devedores municipais. Seriam beneficiados com medidas de redução algo como 80 mil contribuintes. Se parte deles aderir, pode surgir um reforço ao caixa da Prefeitura.

Ufa! Não foi só de futebol que se tratou no Legislativo. Ah, no que toca ao projeto de reajuste dos servidores, houve três votos contrários. Os dos peemedebistas Tubias Calil, Cláudio Rosa e João Carlos Maciel. Ressalve-se que o trio não era contra o aumento, mas à forma como transcorreu a negociação entre as partes e ao percentual que foi concedido – pretendiam que fosse maior.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo