Disputa política toma conta do Hospital Universitário

De um lado, José Pozzobon, que tem a preferência da atual detentora do cargo, Elaine Resener. De outro, Jorge Luiz Palma Freire. Um, o atual Diretor Administrativo; e outro, um médico do corpo clínico, vão disputar os cerca de dois mil de servidores, professores e alunos – que estudam ou estagiam no Hospital Universitário.
Os dois querem ser diretor-geral do HUSM por quatro anos, o tempo do mandato. O pleito acontece em dois dias, na quarta e na quinta-feira, e mobiliza todas as facções políticas no interior da Universidade. Afinal, trata-se, depois da Reitoria, salvo engano, do maior dos pleitos no interior da Universidade Federal.
É verdade que esse clima não transpira no material informativo divulgado pela Assessoria de Comunicação da UFSM. Mas a notícia traz os principais dados a quem estiver interessado na eleição, seja integrante ou não da comunidade universitária. Leia, a seguir, esse material, na íntegra:

“Pozzobon e Freire disputam direção geral do HUSM
O administrador José Pozzobon, atual diretor Administrativo do Hospital Universitário de Santa Maria (HUSM), e o médico Jorge Luiz Palma Freire vão disputar o cargo de diretor-geral da unidade hospitalar. A eleição ocorre na quarta, dia 5 de abril, e na quinta-feira, dia 6, das 7h às 20h, com três urnas colocadas no subsolo do hospital. A apuração dos votos inicia às 20h30min, no auditório Alberto Londero, no 3º andar do hospital. O presidente da Comissão Eleitoral, João Batista de Vasconcellos, pede que os eleitores levem documento de identificação com foto para votar.
A chapa um está assim constituída: para diretor-geral, José Pozzobon; para direção Clínica, Tânia Resener; para direção de Enfermagem, Adelina Giacomelli Prochnow, enquanto que sua vice é Naura Coutinho; para a direção Administrativa, Narci João Tonial; e Sérgio Nunes Pereira, para a coordenação de Ensino, Pesquisa e Extensão.
A chapa dois está assim formada: Jorge Luiz Palma Freire, para a direção geral; José Wellington Alves dos Santos, para a direção Clínica; Carlos Renan do Amaral, para a direção Administrativa; Vania Maria Figueira Olivo, para a direção de Enfermagem, tendo Edmílson Jorge Xavier como vice; e Maria Tereza Campos Velho, para a coordenação de Ensino, Pesquisa e Extensão.
A nova direção do HUSM terá um mandato de quatro anos. Cerca de dois mil eleitores, entre servidores, professores e estudantes do Centro de Ciências da Saúde (CCS) que trabalham ou fazem estágio no hospital, têm direito a voto. O peso dos votos é de 33,33% para cada segmento.
A Comissão Eleitoral é formada pelos servidores João Batista de Vaconcellos (presidente), Nestor Dalla Corte Bonini, Gerson Luis Flores de Lima, Vânia Lúcia Durgante (membros efetivos), José Salla e Maria Lúcia Ravanello da Silva (suplentes)
.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *