“Guerra Civil”. Vítimas inocentes podem ser mais de 30, diz Movimento dos Direitos Humanos

A polícia de São Paulo matou 110 pessoas, na última semana, segundo o último levantamento oficial das autoridades de segurança do Estado. Mas cerca de 30, ou até mais, podem ser inocentes. Ou, na pior das hipóteses, não estariam envolvidos no confronto.

Confira, a respeito, notícia divulgada pelo site de Ricardo Noblat (www.noblat.com.br), citando o portal Globo Online:

”Suspeitos inocentes

“Dos 109 mortos durante a semana passada durante o período de confronto com o crime organizado em São Paulo, cerca de 30 podem ser inocentes. Ou, pelo menos, não têm ligação com facções criminosas. A estimativa é do Movimento Nacional dos Direitos Humanos, com base em relatos de famílias e casos que estão sendo colhidos em comunidades para serem investigados.

O silêncio marca os trabalhos, pois boa parte dos parentes das vítimas teme se expor e acabar vítimas de perseguição.

Além disso, nem todos as mortes de inocentes são atribuídas a policiais fardados, no exercício da função. Pelo menos 12 delas estão sendo investigadas pela Ouvidoria da Polícia e pela Procuradoria dos Direitos Humanos e são atribuídas a grupos de extermínio . Foram 5 chacinas na periferia da capital, que deixaram ainda três feridos.

Na semana passada, durante aprovação de adicional à Polícia Militar, duas pessoas foram fotografadas na Assembléia Legislativa com camisetas estampadas com o símbolo do temível Esquadrão da Morte.

Nesta terça-feira, a Secretaria de Segurança Pública já admitiu que dos 110 mortos – revisou o número total, que antes era 109 – 31 não foram em confrontos ligados ao… “(para ler mais, acesse (http://oglobo.globo.com/online/sp/).


SE DESEJAR ler mais sobre a “guerra civil” paulista, há vários sites acompanhando bem de perto os acontecimentos. Sugiro quatro deles: Terra – http://noticias.terra.com.br/brasil/guerraurbana/, Folha Online – http://www1.folha.uol.com.br/folha/cotidiano/, Ricardo Noblat – www.noblat.com.br e Josias de Souza – http://josiasdesouza.folha.blog.uol.com.br/. Não são os únicos, por certo, mas, se lê-los, terá informação e opinião de qualidade. Recomendo!



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *