Eleições 2006. Lula “vence” também em número de notícias negativas registradas na imprensa

No confronto eleitoral entre Luiz Inácio Lula da Silva, do PT, e Geraldo Alckmin, do PSDB, o atual presidente mantém uma distância bem mais que razoável do ex-governador paulista. Tanto que, se a eleição fosse hoje, segundo o instituto Datafolha, se reelegeria com bastante folga (Leia nota imediatamente anterior a esta).

Mas há uma outra pesquisa em que Lula se mostra com facilidade na dianteira: é no número de notícias “negativas” na imprensa escrita. Nesta Alckmin também “perde”: tem o menor número de informações contra ele.

O trabalho de aferição do comportamento dos principais veículos de comunicação do País, o que inclui os cinco jornais mais influentes e quatro revistas, é feito regularmente pelo Observatório Brasileiro de Mídia. E, a propósito do trabalho mais recente do OBM, o Comunique-se, especializado em comunicação publicou ampla reportagem, nesta terça-feira. Confira:

”Lula tem mais matérias negativas

De todos os candidatos à presidência da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT) segue sendo aquele com o maior número de reportagens “negativas” na mídia nacional, enquanto Geraldo Alckmin (PSDB) ainda mantém um índice de “positivas” superior ao de “negativas”. Essas são algumas das conclusões retiradas da última rodada de dados levantada pelo Observatório Brasileiro de Mídia.

O órgão analisa a cobertura de cinco jornais – Folha de S. Paulo, O Estado de São Paulo, Correio Braziliense, O Globo e Jornal do Brasil – e de quatro revistas – Veja, Época, Istoé e Carta Capital – sobre os quatro candidatos mais bem colocados nas pesquisas. Além do petista e do tucano, Heloísa Helena (PSOL) e Cristovam Buarque (PDT) também têm sua cobertura acompanhada pelo Observatório.

Na semana entre 09 e 15/09, 51,8% das 166 matérias que os jornais dedicaram ao candidato Lula foram feitas de forma negativa a ele. No mesmo período, seu principal competidor, Geraldo Alckmin, teve 32,75% de suas 101 matérias realizadas de maneira negativa. O candidato Lula fechou a semana com 25,9% de matérias positivas e 22,3% de neutras. O presidente Lula não se sai muito bem nos números, apresentando cerca de 23% de matérias positivas e quase 50% de negativas.

Alckmin teve 35,6% de positivas e 31,7% de neutras, mantendo sua condição de receber mais matérias positivas que negativas. Na semana anterior o tucano recebeu 42,2% de reportagens positivas, apresentando uma queda de 7% neste quesito.

Heloísa Helena seguiu essa mesma tendência, recebendo cerca de 12% menos reportagens positivas, caindo de 48,3% para 36,8%. Suas reportagens negativas permaneceram praticamente estáveis, indo de…
”

SE DESEJAR ler a íntegra da reportagem, pode fazê-lo acessando a página do Comunique-se na internet, no endereço http://www.comunique-se.com.br/.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *