Arquivo

Eleições 2006. Quinteto lidera os gastos de campanha, entre os candidatos de Santa Maria

Um trio de candidatos à Assembléia Legislativa (Tubias Calil, Maria de Lourdes Castro e Vicente Bisogno) e uma dupla de concorrentes à Câmara Federal (Cezar Schirmer e Paulo Pimenta) estão na frente, entre os mais de 20 candidatos santa-marienses ao parlamento. Pelo menos num fator: são eles os que mais arrecadaram (e gastaram), nos primeiros meses de campanha e a pouco mais de 20 dias (os dados são de 6 de setembro) para o pleito.

O que isso significa? O óbvio: são os que mais estão disputando “para valer” o pleito. Os cinco, mais os atuais parlamentares, Fabiano Pereira, do PT; e José Haidar Farret, do PP, estão naturalmente à frente na disputa de gastos. Se isso vai redundar em votos, só se saberá, meeeesmo, é em 1º de outubro, lá pela meia-noite.

Ah, atenção: as informações não contêm ainda dados de dois candidatos a deputado federal, Ana Lélia Beltrame, do PSB, e Jorge Pozzobom, do PSDB. Ambos ainda não haviam tido seus números disponibilizados pelo Tribunal Superior Eleitoral. Leia mais detalhes na reportagem de Thiago Buzatto, que o jornal A Razão está publicando nesta segunda-feira:

”Triplicaram os gastos de campanha
Entre candidatos santa-marienses, prestação deste mês ao TSE é entre 3 a 4 vezes maior do que em agosto

Já era esperado. Faltando menos de um mês para as eleições de 1º de outubro, as campanhas dos candidatos à Câmara dos Deputados e à Assembléia Legislativa se intensificaram. Como conseqüência, os gastos também aumentaram. É o que mostra os números divulgados pelo Tribunal Superior Eleitoral em sua página na internet (www.tse.gov.br). Entre os candidatos santa-marienses, os números apresentados ao TSE no último dia 6 são entre três e quatro vezes superiores aos apresentados no dia 6 de agosto.

Mesmo sem os valores dos gastos que ainda não foram computados de quatro dos candidatos a deputado estadual do município, os R$ 25.538,33 prestados entre os 13 postulantes a uma vaga na Assembléia Legislativa já triplicaram. Somente entre o dia 6 de agosto e 6 de setembro, foram investidos R$79.315,06 nas campanhas. Isso significa que a briga local pela Legislativo gaúcho já fez circular R$104.853,39. Tubias Calil (PMDB), Maria de Lourdes Castro (PTB) e Vicente Paulo Bisogno lideram a lista de quem mais investiu até agora, com pouco mais de R$ 20 mil. Por outro lado, há candidatos como o pecebista Sérgio Prieb que ainda não alcançou a cifra de R$ 1 mil.

No entanto, os valores alcançados pelos postulantes as vagas de deputado estadual de Santa Maria tornam-se modestos se relacionados com as cifras investidas pelos que sonham com uma cadeira na Câmara dos Deputados: o investimento dos nove candidatos federais de Santa Maria, até então, já é quatro vezes maior dos que os aplicados pelos 13 estaduais. Foram R$ 422.772,61 desde o início da campanha, 335.307,55 somente entre agosto e setembro.

Lideram a lista dos “gastadores” os deputados federais Cezar Schirmer (PMDB) e Paulo Pimenta (PT), que juntos investiram R$ 389.761,46 em suas campanhas de reeleição. Entre os econômicos, destaca-se o Pastor Eloi Aires (PSDC) que, segundo sua prestação de contas ao TSE, ainda não gastou um centavo.

A prestação – Até agora, segundo dados do TSE, 64% dos candidatos brasileiros já prestaram contas. O Rio Grande do Sul, juntamente com Roraima e Goiás são os estados com maior percentagem de contas prestadas. Até aqui o TSE recebeu a prestação de 77,56% das candidaturas a deputado federal e 78,61% dos concorrentes a AL…”


SE DESEJAR ler a íntegra da reportagem, inclusive com um quadro contendo a arrecadação de cada candidato, pode fazê-lo acessando a página do jornal na internet, no endereço www.arazao.com.br, ou na versão impressa, nas bancas nas primeiras horas desta segunda-feira.

ATENÇÃO


1) Tua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo