Arquivo

Coluna Observatório. “PSDB pode ficar tranqüilo. Pozzobom não pensa em sair da sigla”

Na semana passada, aqui mesmo, se escrevia, a propósito do desempenho eleitoral de Jorge Pozzobom, do PSDB: “ele é muuuuuito maior que o partido. E faria os mesmos quase 30 mil votos, qualquer que fosse a sigla a que estivesse filiado.”

A coluna continua pensando da mesma maneira, mas lembra que em momento algum se cogitou que o vereador deixasse a agremiação na qual está alojado. Ao contrário, nela deve permanecer e é onde se encontra, pelo menos no médio prazo, o seu futuro político.

O próprio Pozzobom, em contato com Observatório, na terça-feira, reafirmou a intenção de continuar no PSDB. Nunca cogitou deixar o partido e reconhece, nele, uma das grandes alavancas para obter a votação que conseguiu em Santa Maria no dia 1º de outubro. “Tive total apoio e muito trabalho dos companheiros e da direção da sigla”, fez questão de enfatizar.

Diante disso, um dos que podem ficar absolutamente tranqüilos, é o ex-vereador e dirigente tucano Carlos Edison Domingues. O veterano político enviou correspondência à redação, se referindo ao que aqui foi publicado. A carta, devidamente publicada na seção “Espaço do Leitor”, na página 2, edição na quarta-feira, chama a atenção para o histórico de rejeição dos eleitores gaúchos aos que trocam de partido. Pozzobom não corre esse risco.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo