Reta final. O jacaré está engolindo Alckmin

Reconheço minha ignorância. Não sabia dessa figura de linguagem, vamos dizer assim, dos analistas de pesquisas eleitorais. E ainda não sei como explicar, embora tenha entendido. Em todo caso, Ricardo Noblat sabe. E é dele o texto a seguir, que mostra direitinho como o tal bicho brabo está engolindo o candidato do PSDB à Presidência da República, Geraldo Alckmin. Confira:

”O jacaré abriu a boca

Imagine um gráfico com duas linhas que correm mais ou menos paralelamente. A de cima registra a evolução das intenções de voto em Lula. A de baixo, a evolução das intenções de voto em Alckmin.

Há duas semanas, a linha de cima empinou para o alto. E a de baixo despencou. O jacaré começou a abrir a boca.

A expressão é usada por analistas de pesquisas para designar o momento em que fica clara a tendência de vitória de um candidato sobre outro. O jacaré abriu a boca para engolir Alckmin.

Lula tomou de Alckmin até aqui pouco mais de 3,6 milhões de votos. E atraiu cerca de mais 9 milhões conferidos a Heloísa Helena, Cristovam Buarque e demais candidatos no primeiro turno.

Alckmin é favorito a sair da eleição presidencial com um título inédito – o de candidato que teve no segundo turno menos votos do que no primeiro.

A postura dele no debate de amanhã à noite na Rede Record de Televisão será importante para decifrar suas expectativas. Se tentar morder Lula para valer como fez no debate da Rede Bandeirantes é porque ainda acredita que poderá se recuperar. Se preferir o modelito moderado do debate do SBT é porque jogou a toalha e só está preocupado em lustrar sua biografia…”


SE DESEJAR ler outras notas, informações e opiniões de Ricardo Noblat, pode fazê-lo acessando a página do jornalista na internet, no endereço www.noblat.com.br.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *