Município. Aumenta a especulação em torno de modificações no secretariado de Valdeci Oliveira

Escrevo sobre isso, na página Observatório, que você terá disponível, aqui, no início será possível perceber, ao ler a coluna. Sim, porque, na mesma edição deste sábado, A Razão, inclusive citando em algum momento a página que assino no jornal, fala de uma reunião de secretariado convocada por Valdeci Oliveira para a próxima segunda-feira.

O jornal inclusive especula sobre eventuais mudanças que poderão acontecer, citando nomes de prováveis demitidos. Não é exatamente sobre isso que escrevi – mas sobre o zumzumzum que cerca, neste momento, a administração municipal.

Em todo caso, sugiro a leitura da reportagem, que passo a reproduzir. E, mais tarde, você lê o que eu próprio assino, na coluna. Assim, poderá ter uma idéia do que está acontecendo. Confira:

”Mudanças a vista na Prefeitura?
Substituição de secretários e extinção de algumas pastas podem ser algumas das próximas medidas de Valdeci

Nesta segunda-feira, o prefeito Valdeci Oliveira reúne todo o secretariado para uma reunião geral. O objetivo é discutir a analisar o trabalho que vem sendo desenvolvido em cada pasta. O encontro também pode ser decisivo para as mudanças que estariam sendo articuladas e que podem modificar o primeiro escalão.

As mudanças, no entanto, ainda não foram confirmadas por Valdeci. Através da assessoria de imprensa, o prefeito disse ao Jornal A Razão, na tarde de sexta-feira, que por enquanto não há nenhuma modificação oficial do secretariado, mas sinalizou que pode haver readequações no primeiro escalão, o que não significa necessariamente troca de secretários.

No entanto, fontes ligadas à Administração garantem que cinco secretários serão demitidos do governo em breve. São eles: Paulo Ceccim, da pasta de Turismo e Eventos; Pedro Stangarlin, do Desenvolvimento Econômico; Vilson Serro, presidente do Escritório da Cidade; Ester Fabbrin, da Proteção Ambiental; e Altamir Campos, de Obras.

Outra saída dada como certa seria a de Luciano Ribas, que está a frente da Secretaria de Comunicação, só que o próprio Ribas é quem estaria querendo voltar à iniciativa privada. Duas secretarias seriam extintas: a da Comunicação, que seria incorporada ao Gabinete do Prefeito, e a de Assuntos de Segurança Pública. O secretário desse última pasta, Raul Villaverde, assumiria o lugar de Ester na Proteção Ambiental. (Confira mais sobre o assunto na coluna Observatório).

Desde que retornou ao comando da Prefeitura, na última terça-feira, Valdeci tem se reunido com os secretários para se inteirar do que foi feito durante o período (de 10 de julho a 30 de outubro) em que ficou licenciado para comandar a coordenar a campanha de reeleição do presidente Lula no estado.

A última mudança no secretariado ocorreu justamente no dia em que o prefeito se licenciou, em julho. Na data, o então secretário de Trânsito, Transporte e Mobilidade Urbana, Carlos Félix, foi exonerado por determinação de Valdeci. Em seu lugar, ficou…”


SE DESEJAR ler a íntegra da reportagem, pode fazê-lo acessando a página do jornal na internet, no endereço www.arazao.com.br, ou na versão impressa, nas bancas nas primeiras horas deste sábado.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *