Arquivo

Agora, vai! Supremo manda instalar a CPI do Apagão Aéreo na Câmara. Governo terá maioria

Aliás, e a propósito do título desta nota, a base do governo terá uma “supermaioria” na Comissão Parlamentar de Inquérito que será instalada agora, na Câmara dos Deputados, por força de decisão do Supremo Tribunal Federal. Serão, segundo as primeiras informações, entre os titulares, 16 governistas e sete oposicionistas.

 

Quer dizer, a menos que esteja muito desarticulado (o que, a propósito, não seria novidade), o governo pode barrar qualquer investigação mais forte. Apenas por hipótese: se houver uma proposta para abrir o sigilo bancário de um e outro que os governistas não quiserem é só levar para o voto.

 

De qualquer forma, em nome da política civilizada, já há esboço de acordo segundo o qual o oposicionista PSDB, que requereu a CPI, tenha a presidência ou a relatoria. Cabendo ao governo a que sobrar. E seja o que Deus quiser.

 

De minha parte, quero que tudo seja devidamente investigado. Em benefício da sociedade. E do fim da corrupção em que nível seja. Tanto vertical quanto horizontalmente, se me entendem.

 

EM TEMPO: também deverá ser instalada CPI com os mesmos objetivos no Senado. Lá, a idéia do governo é fazer com que a comissão ande a passos de cágado cansado. Por força regimental. E por que, no fundo, inclusive os tucanos não vão querer. Principalmente em função de, na chamada “câmara alta” a iniciativa ter sido dos “parceiros” do DEM. A conferir.

 

SUGESTÕES DE LEITURAconfira a reportagem, “Apagão Aéreo: STF determina criação de CPI na Câmara”, publicada no G1, o portal da Globo.

Leia também a nota “Para PSDB, amparo do STF, dá mais força à CPI”, publicada pelo jornalista Josias de Souza, da Folha de São Paulo,  em sua página na internet.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo