Arquivo

Coluna Observatório. “Parou no tempo”

A coluna gosta de Adão Lima Martins. É dos militantes antiiiigos. Do tempo em que a sigla dele era PCB, também conhecida como “partidão”. Teve ativa presença na resistência ao autoritarismo. E, portanto, ganhou lugar na História.

 

Feita a ressalva, é preciso dizer também que Martins, por suas declarações, parece não ter-se dado conta que o PCB não existe mais. E que o partido sequer é comunista – professam a “fé” só ele e mais dois ou três que não cabem num carro popular.

 

E, sobretudo, o presidente do agora PPS sequer consegue ser majoritário na própria sigla, embora a lidere formalmente. E não será ele, ao contrário do que se leu esta semana, que vai definir com quem os ex-comunistas vão se coligar.

 

Desculpa, caro Adãozinho. Mas alguém precisava te dizer isto.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo