Arquivo

Esperança. Cresce apoio a convênio para gestão da Casa de Saúde. Mas Conselho tem que querer

Acontece na quinta-feira reunião importante do Conselho Municipal de Saúde. De novo estará em debate o convênio proposto pela Prefeitura, para que o Hospital de Caridade mantenha a gestão da Casa de Saúde, agora municipalizada.

 

A idéia da Prefeitura é garantir a continuidade do trabalho realizado pelo HC desde maio de 2007, e que permitiu mais de 5 mil atendimentos gratuitos pelo Sistema Único de Saúde, além de proporcionar novos investimentos na instituição fundada pelos ferroviários há mais de 70 anos.

 

Em todo caso, o CMS precisa querer. O que não é o caso, até agora. No entanto, em contrapartida, cresce o apoio à manutenção do Hospital de Caridade na Casa. Todos os que procuram conhecer o que lá já foi feito ficam impressionados. Inclusive com o apoio demonstrado pelos funcionários da instituição.

 

Ontem foi o Fórum de Entidades Empresariais, que coordena as instituições representativas do empresariado santa-mariense. Seus dirigentes, inclusive seu coordenador, Rodrigo Menna Barreto, compareceram à Casa de Saúde – com a presença, também, dos vereadores Tubias Calil e Anita Costa Beber. Lá, além de comprovar as melhorias realizadas no espaço físico, ainda tiveram contato direto com os funcionários (foto). Depois, resolveram visitar o prefeito municipal Valdeci Oliveira. No relato da assessoria de imprensa da prefeitura, confira como foi o encontro:

 

“Fórum das Entidades Empresariais manifesta apoio à Casa de Saúde em reunião com prefeito

 

Lideranças do Fórum das Entidades Empresariais foram até o Gabinete do Centro Administrativo no final da tarde desta segunda (14) para manifestar apoio ao Prefeito Valdeci Oliveira na mobilização para manter o Hospital Casa de Saúde aberto. A instituição teve o seu funcionamento ameaçado depois que o Conselho Municipal de Saúde não concordou com alguns pontos do novo convênio de gestão do hospital que está sendo elaborado após a desapropriação da Casa de Saúde pela Prefeitura no final de dezembro passado. 

O Presidente do Fórum, Rodrigo Menna Barreto, junto com mais três integrantes da entidade relataram ao prefeito uma visita realizada à Casa de Saúde durante a tarde. Eles ficaram impressionados com os depoimentos dos funcionários que exaltaram a administração realizada no hospital nos últimos seis meses e que contou com a parceria entre o Hospital de Caridade e a Prefeitura Municipal. “ O trabalho feito lá foi muito competente. Os funcionários temem que isso acabe a partir da posição do Conselho. Não podemos aceitar que posições de grupos se sobreponham aos interesses da cidade”, disse o dirigente.

O Prefeito Valdeci Oliveira agradeceu a solidariedade dos empresários. Ele disse que isso mostra que a cidade como um todo está preocupada com a Casa de Saúde. “ O novo convênio não é importante para a Prefeitura ou para o Hospital de Caridade. O novo convênio é importante para a comunidade de Santa Maria. O fechamento da Casa de Saúde seria um retrocesso gigantesco”, afirmou ele.

Segundo o prefeito, a expectativa é que o conselho reveja sua posição na reunião do órgão que ocorrerá na próxima quinta (17). “ Respeitamos a opinião do conselho, mas queremos que ele entenda que o convênio é o melhor para a população mais pobre que depende do SUS”, disse Valdeci.”

 

SUGESTÃO DE LEITURA clique aqui, se desejar outras informações oriundas da assessoria de imprensa da Prefeitura.

 

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo