Arquivo

Privatização. Yeda estaria se preparando para vender a CEEE. E, se der certo, também a Corsan

O assunto é proibido, no Rio Grande do Sul. O termo “privatização” é um palavrão. E dos mais feios. No entanto, aparentemente, passado o rio Mampituba, a situação talvez não fosse a mesma. É o que se deduz de nota publicada pelo afamado, e normalmente muito bem informado, Relatório Reservado, que traz notícia de um interesse muito especial do governo liderado por Yeda Crusius.

 

O Palácio Piratini estaria pensando na possibilidade de venda total da CEEE (hoje, a distribuição de energia já é dois terços privada), e, se tudo der certo, também a Corsan e a Sulgas, pelo menos. O material do RR é repercutido por Marco Weissheimer, que edita o site RS Urgente – que, diga-se, não esconde, muito ao contrário, suas posições claramente oposicionistas. Feita a necessária observação, vale a pena ler o que o jornalista escreve. A seguir:

“CEEE na mira da privatização

A governadora do Rio Grande do Sul, Yeda Crusius (PSDB), está tentando negociar um acordo com o governo federal para privatizar a Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE), afirma o site Relatório Reservado, em seu boletim para assinantes de 9 de janeiro de 2008. A operação, caso tivesse o aval da União, envolveria diretamente a Eletrobrás e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Yeda quer que o banco financie o comprador da empresa gaúcha, através de uma linha de crédito de até 40% do valor a ser pago pela mesma. Além disso, segundo a mesma fonte, Yeda tenta arrancar da Eletrobrás, dona de 32% da CEEE, a garantia de permanência no capital da companhia mesmo após o leilão. A presença da Eletrobrás no negócio é considerada fundamental por Yeda para atrair os investidores privados, pela possibilidade de ter ao lado um parceiro forte.

Yeda, diz ainda a publicação, quer enterrar o antigo modelo de venda da CEEE (formatado durante o governo Britto), que prevê apenas a venda dos ativos em geração e transmissão. A meta seria a venda do controle de toda a empresa. A governadora tucana estima que…”

 

SUGESTÃO DE LEITURA – confira aqui a nota “CEEE na mira da privatização”, de Marco Weissheimer , no site RS Urgente.

 

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo