Arquivo

Boa pergunta. Por que o IG (que tem a BR Telecom como sócia) “ejetou” Paulo Henrique Amorim?

Desde a semana passada, o sítio Conversa Afiada, editado por Paulo Henrique Amorim, um dos mais conhecidos da grande rede, não está mais alojado no portal IG (que tem, entre seus sócios controladores, a Brasil Telecom). Isso gerou um debate interessante entre blogueiros indepententes e outros nem tanto. A propósito, recebi várias manifestações, cobrando que me posicionasse ou pelo menos reportasse o ocorrido. Aí vai uma delas, assinada por Cleber Zanatta. Lá no final, o meu comentário. Confira:

 

“Caro Claudemir.

Chamo atenção para um fato de extrema violência à liberdade de opinião na relação Portal IG e Paulo Henrique Amorim (PHA). Na última terça-feira o IG rescindiu o contrato com o PHA tirando seu site/blog do ar, segundo conta-se (especula-se) devido aos comentários do jornalista sobre a possível fusão BrOi e as empresas envolvidas na operação, e os ataques aos tucanos principalmente ao José Serra.
 
Um novo site já foi aberto, www.paulohenriqueamorim.com.br , porém os artigos passados foram apagados e pelo jeito não havia back-up seguro da página.
 
Ninguém é obrigado a concordar em tudo o que se lê da página do PHA, mas se o que ele vinha escrevendo incomodou tanto o IG e as demais empresas a ponto de cometerem uma “queima de arquivo”, é no minimo suspeito.

Resta-nos torcer para que os blogs a chamada “mídia alternativa”, como são chamados pela Grandona, não venham a sofrer mais estes ataques.

 Acredito que este fato mereça um registro no teu site/blog, visto a estranheza do fato.
 
Abraço
 
(a) Cleber Zanatta”

 

COMENTÁRIO CLAUDEMIRIANO: o Paulo Henrique Amorim é um dos jornalistas cujo sitio está na minha lista de favoritos. Nos vários pente-finos diários que faço, em busca de informações para repercutir aqui, está incluído o Conversa Afiada. Nem sempre concordo com PH. Nem é o caso, pois ele tem lá sua opinião e o seu jeito de expôo-la. Mas é, com certeza, um dos grandes profissionais deste país.

 

Dito isto, é fato que o contratante tem o direito de rescindir o contrato com o contratado, e vice-versa. No caso específico, dada a estatura do profissional, o IG bem que poderia ter esperado o final do contrato, o que não demoraria quase nada. Preferiu se antecipar e, cá entre nós, cometeu uma atitude burra. E, pior ainda, inóqua.

 

Sim, porque Paulo Henrique Amorim tem luz própria. Em menos de 24 horas estava alojado num outro servidor, e fazendo exatamente a mesma coisa. Apenas que sem a remuneração do IG. Isso, por enquanto.

 

EM TEMPO: o www.claudemirpereira.com.br não é, lamentavelmente, contratado por nenhum portal. E, assim, sobrevive às custas do editor, com um único anunciante que paga. No caso, o Banrisul. E está alojado no Via-RS, o servidor da Procergs, empresa pública gaúcha. Onde pretende continuar. E continua a espera da compreensão do mercado para a internet, como forma de permanecer sobrevivendo.

 

EM TEMPO (2): o endereço onde Paulo Henrique Amorim e o seu Conversa Afiada podem ser encontrados é www.paulohenriqueamorim.com.br .

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo