Arquivo

Isaias Romero. É improvável, mas o vereador pode perder o mandato hoje, em julgamento no TRE

Será o segundo de 16 julgamentos previstos para hoje, pelo Pleno do Tribunal Regional Eleitoral. São sete julgadores que decidirão o futuro imediato do vereador peemedebista e ex-presidente da Câmara, Isaias do Amaral Romero. O início da sessão está marcado para as 2 da tarde. O que significa que, no máximo, duas horas depois se saberá se Romero se mantém na cadeira que ocupa no Legislativo, ou terá que dar lugar a um nome do PDT, partido pelo qual se elegeu em 2004 e saiu em setembro de 2007, rumo ao PMDB. Se a decisão for pela perda do mandato, quem assume é o segundo suplente pedetista, Marcelo Bisogno – dada a desistência já oficializada do primeiro, o ex-prefeito Osvaldo Nascimento da Silva.

 

Por que a improbabilidade aposta ao título desta nota? Simples: a confusão no pedetismo santa-mariense é tão medonha que até mesmo a reafirmação do pedido feito em fevereiro passado, pelos que atualmente estão na direção do PDT, não deve ser descartada. Muito ao contrário. À época, pouco antes da destituição do Diretório (decisão posteriormente revertida na Justiça, mesmo que provisoriamente), os dirigentes chegaram a formalizar pedido para retirada do processo.

 

Então, com exclusividade, publiquei a notícia aqui. E, por ela, com base no documento oficial do PDT, ficou-se sabendo que o partido requeria a não realização do julgamento. E mais: em ele ocorrendo, “que seja reconhecida a tese de JUSTA CAUSA e não seja decretada a perda de cargo eletivo”. A postura local foi reposta, mais adiante, pelo Diretório Estadual, mas o estrago já estava feito. Em benefício de Romero e contra o atual adversário interno dos dirigentes pedetistas, Marcelo Bisogno.

 

Tenho poucas dúvidas acerca do entendimento dos juizes do Tribunal. Imagino que levarão em conta tudo isso e, na dúvida, beneficiarão Isaias Romero, mantendo-lhe o mandato hoje no PMDB e acolhendo as suas razões, uma delas a da chamada “justa causa”. Outra, a “perseguição” interna. De qualquer forma, não se sabe (eu, ao menos, não sei) qual será o comportamento da defesa do PDT/RS no processo. E que tipo de influência terá sobre os julgadores. Antes que a tarde termine, se saberá, com certeza.

 

 

SUGESTÕESDE LEITURA – Para conhecer as razões alegadas por Isaias Romero, assinadas pelo advogado Robson Zinn, para manter-se no PMDB, clique aqui.

E se desejar também saber os argumentos apresentados pelo PDT, em documento assinado, naquele momento do processo, pelo advogado Gustavo Moreira, confira aqui.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo