Arquivo

Coluna Observatório. “Campanha (ainda) é chatice de dar dó”

 

Debate foi, até aqui,

o único evento visível

(e audível) de campanha

 

Os candidatos à prefeitura de Santa Maria talvez estejam certos. A população não está nem aí, ainda, para a campanha. Então, o jeito é ir “comendo pelas beiradas”, fazendo reuniões selecionadas, com grupos específicos de apoiadores. Estes se tornarão, é no que se crê, em irradiadores das idéias dos cabeças, espraiando-se para o conjunto do eleitorado.

 

A visão exposta no parágrafo acima é a otimista. Isto é, procura refletir uma situação pautada pela reconhecida falta de recursos financeiros para dar visibilidade ao proselitismo em busca do voto dos 180 e poucos mil santa-marienses aptos a se manifestar nas urnas. No entanto, não é realista ou pessimista, diante do que se vê pelas ruas. Aliás, do que não se vê.

 

O fato objetivo é que a disputa para o Executivo santa-mariense em 2008 é a mais chata desde a de 1992, nessa mesma época. Só naquela, em que o favoritismo de José Farret (que venceu) se tornou tão aplastante, que a campanha, embora o esforço oposicionista, foi tão quente quanto um freezer no Alasca.

 

Para quem não se deu conta, restam só 70 dias até o pleito. E a cidade vê aqui e ali um carro adesivado, lá ou acolá uma casa pintada. Mais nada. Falta dinheiro? Parece óbvio. O que permite supor, na verdade, que a luta para suceder Valdeci Oliveira se limitará ao espaço gratuito no rádio e na TV, que começa a veicular em 19 de agosto. E, claro, conforme o andamento das pesquisas, haverá o esforço derradeiro, nas duas últimas semanas, quando o dinheiro aparece (ou a conta é pendurada) para a tentativa final.

 

Enquanto isso, a chatice é de dar dó. E só não é maior porque, enfim, a rádio Santamariense e o jornal A Razão promoveram um debate que, ao menos, e apesar de os candidatos terem jogado na retranca, deu motivo para comentários. Da população? Não, dos militantes. Mas enfim…

 

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo