Arquivo

Debate. Santa Maria vai sediar, em outubro, reunião do programa Sociedade Convergente, da AL

A principal proposta da atual Mesa Diretora da Assembléia Legislativa é o programa Sociedade Convergente. Na verdade, é a menina dos olhos do presidente do parlamento gaúcho, o peemedebista Alceu Moreira. As discussões em torno do futuro do Rio Grande, que é o foco da proposta, têm acontecido desde o início do ano.

 

Pois, agora, em várias regiões do Estado, haverá reuniões coordenadas pelo Fórum Democrático, que é dirigido pelo ex-deputado e ex-vice governador João Gilberto Lucas Coelho (foto), nascido politicamente em Santa Maria. Aliás, a boca do monte será a sede de um desses encontros, mais exatamente em 16 e 17 de outubro.

 

Sobre a reunião do Fórum, que decidiu a agenda de encontros, entre outros assuntos, confira a reportagem distribuída aos veículos de comunicação, produzida pela Agência de Notícias da Assembléia Legislativa. O texto é de Vanessa Lopez e a foto de Gilberto Bertani. A seguir:

 

“SOCIEDADE CONVERGENTE – Definidas as regras para realização de assembléias no interior

 

O Colégio Deliberativo do programa Sociedade Convergente reuniu-se na tarde desta quinta-feira (24) para definir as regras das assembléias que acontecerão a partir de agosto, em nove regiões do Estado. “Foi decidido que o direito de voz e voto será de todos os participantes das reuniões”, enfatizou o diretor do Fórum Democrático da Assembléia Legislativa, João Gilberto Lucas Coelho, que comandou o encontro.

Os membros também optaram pela ordem de abordagem dos assuntos. Nas quinta-feiras à noite, em cada uma das cidades-sede, será o momento de discutir o tema Estruturas e Meios do Estado, Causas e Conseqüências do Endividamento; na sexta-feira pela manhã, haverá a discussão do tema Desenvolvimento Harmônico e Sustentável; e, na sexta à tarde, da Infra-estrutura, que é subdividida em Transportes, Energia e Saneamento. A reunião do Colégio ocorreu na sala Salzano Vieira da Cunha.

Pelas normas definidas haverá, antes das reuniões de quinta-feira, um momento de abertura do evento. Depois, todas as assembléias contarão com um espaço para exposição do tema em análise por parte dos representantes dos Grupos Executivos de Acompanhamento dos Debates (GEAD), além de tempo para manifestações do plenário e para a eleição dos delegados que participarão da plenária estadual. Serão escolhidos os representante na proporção de um delegado para cada 25 participantes presentes na votação. Além disso, foi aprovada a consulta por escrito aos presentes sobre…”

 

SUGESTÃO DE LEITURA – confira aqui a íntegra da reportagem “Sociedade Convergente – Definidas as regras para realização de assembléias no interior”, de Vanessa Lopez, da Agência de Notícias da Assembléia Legislativa.

 

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo