Arquivo

Eleições 2008 (2). Mulheres são a maioria do eleitorado. Mas menos de 10% delas se candidatam

Esta sim é uma contradição à espera de pesquisas científicas. Em números redondos, há 160,5 milhões de eleitores inscritos nos 5.563 municípios brasileiros. Desse total, mais de 67 milhões são mulheres. O percentual feminino do eleitorado nacional alcança 51,7%. No Rio Grande, a diferença é ainda maior, com as mulheres representando mais de 53% do total de eleitores.

 

Pois bem, a atuação feminina nos pleitos, e neste de 2008 especialmente, se dá basicamente pelo exercício do voto. E não da busca por ele. Afinal, lembrando que o número final ainda é desconhecido, mas a estatística começa a se completar, o número de candidatas até aqui é de 1.580 – ou pouco mais de 10% dos 13.677 homens já registrados para concorrer a vereador, vice ou prefeito. O que significa apenas um terço da cota de 30% exigida pela legislação.

 

A realçar, no entanto, uma curiosidade: em pelo menos 41 cidades brasileiras, conforme os dados do Tribunal Superior Eleitoral, a chance de uma mulher governar é de 100%: só elas são candidatas. Pois é. Ah, para saber mais dos números, confira reportagem publicada no sítio Congresso em Foco, assinada por Erich Decat. A seguir:

 

“Mulheres representam apenas 10,4% dos candidatos

Pesquisa realizada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) mostra que o número de registros de candidatos homens que irão disputar o cargo para prefeito nas próximas eleições é quase dez vezes maior do que o de mulheres.

Dos 15.257 candidatos registrados até o último levantamento do tribunal, fechado ontem à noite, apenas 1.580 (10,4%) são mulheres.

O atual quadro para os candidatos a vice também mostra maioria esmagadora de homens. De um total de 15.306 candidaturas, 12.981 são de homens e 2.325 de mulheres. Esses números ainda podem mudar, uma vez que o tribunal ainda não terminou de contabilizar todos os registros de candidatura. Estima-se que mais de 300 mil concorrentes disputarão os cargos de prefeito, vice-prefeito e vereador nas eleições de 5 de outubro.

Apesar de minoritária, a presença feminina poderá ser decisiva nas próximas eleições. Afinal, segundo…”

 

SUGESTÕES DE LEITURA – confira aqui a íntegra da reportagem “Mulheres representam apenas 10,4% dos candidatos”, de Erich Decat, no sítio especializado Congresso em Foco.

Leia também a reportagem “Força feminina – em 41 cidades, as mulheres são as únicas candidatas”, publicada pela revista Consultor Jurídico.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo