Arquivo

Eleições 2008. Aumenta o número de jovens eleitores. Mas cai o número de jovens candidatos

Não deixa de ser uma contradição. Ou uma curiosidade, ao menos. Em 2006, em números redondos, havia 2,5 milhão de eleitores entre 16 e 18 anos, idade em que o alistamento eleitoral é opcional. Dois anos depois, o contingente juvenil já alcança 2,9 milhões. Pois, na contra-mão, enquanto em 2004, o Tribunal Superior Eleitoral constatou a existência de 13 mil candidatos jovens de até 24 anos, agora, mesmo considerando que não está concluída a estatística, a quantidade baixou para 12 mil

 

Assunto, por certo, para os especialistas. Mas há um indicativo bastante claro: o desinteresse em concorrer é evidente. Já o alistamento se prende desde à vaidade (que existe, sim), até a exigência de título eleitoral em algumas circunstâncias. Isso é empírico, deixe-se claro.

 

Quanto aos números objetivos, confira o material distribuído pelo Centro de Divulgação do Tribunal Superior Eleitoral, em reportagem disponível na página de internet do TSE. A seguir:

 

“Cai o número de jovens candidatos em 2008

 

De acordo com os dados recebidos até esta quinta-feira (24) pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), os pedidos de registro de candidatura feitos por jovens interessados em disputar cargos para prefeito, vice-prefeito e vereador nas eleições deste ano diminuiu em relação ao registrado nas eleições municipais de 2004.  Há quatro anos, o total de jovens com idade entre 18 e 24 anos inscritos para a disputa de um cargo eletivo era de 13.066 candidatos, contra 12.177 registrados este ano na Justiça Eleitoral. 

Segundo a estatística dos pedidos de registro de candidaturas, em 2008 são 2.846 possíveis candidatos entre 18 e 20 anos de idade e 9.331 entre 21 e 24 anos. Nas últimas eleições eram 2.757 candidatos na faixa etária dos 18 aos 20 anos e 10.309 na faixa de 21 a 24 anos. 

Vale ressaltar que os jovens candidatos com idade entre 18 e 20 anos somente podem disputar cargo para vereador, conforme estabelece a Constituição Federal.  Já os jovens com idade acima de 21 anos já podem ser candidatos para os cargos de prefeito e vice-prefeito…”
 

 

 

SUGESTÕES DE LEITURA – confira aqui a íntegra da reportagem “Cai o número de jovens candidatos em 2008”, produzida pelo Centro de Divulgação do Tribunal Superior Eleitoral.

Leia também a notícia “Número de eleitores com voto facultativo cresce no país”, igualmente oriunda da assessoria de comunicação do TSE.

 

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo