Arquivo

Estado. Yeda empossa Biolchi, apresenta Westphalen e diz que ato marca “nova fase” no governo

Como já escrevi várias vezes, a governadora Yeda Crusius não tem papas na língua. Isso não é algo ruim em si mesmo, muito pelo contrário. O problema é quando o projeto não se consolida. Por exemplo: em dois anos e sete meses de governo não faltaram crises políticas – a contrapor-se, inclusive, ao projeto de recuperação das finanças públicas, em pleno (e aparentemente bom) andamento. E ao cabo de todas elas a Chefe do Executivo anunciava uma nova fase.

 

Que ninguém chame o (nem sempre) modesto observador de agourento. Mas, quase como a consolidar o final de mais um qüiproquó – a Operação Rodin que, por razões diversas, levou de roldão quatro secretários de Estado, ou cinco, se considerar-se o de segurança, José Francisco Mallmann, delegado da Polícia Federal – outra vez a governadora fala em uma “nova fase do mesmo governo”. Que ela tenha razão, em benefício de todos os gaúchos.

 

Ah, Yeda disse isso ao empossar o jovem deputado estadual Márcio Biolchi, do PMDB, na Secretaria de Desenvolvimento e Assuntos Internacionais, e apresentar o substituto dele, na liderança do governo na Assembléia Legislativa, no caso o deputado do PP, Pedro Westphalen. Saiba mais detalhes no material distribuído aos veículos de comunicação, pela assessoria de imprensa do Palácio Piratini. A foto (dos dois novos integrantes do primeiro escalão) é de Antonio Paz. Acompanhe:

 

“Governadora dá posse a Biolchi e apresenta Westphalen como líder do governo

 

Em solenidade no Palácio Piratini, a governadora Yeda Crusius empossou, nesta terça-feira (29), o novo secretário do Desenvolvimento e dos Assuntos Internacionais, deputado Márcio Biolchi. Na mesma cerimônia, a governadora apresentou o deputado Pedro Westphalen (PP) como o novo líder do governo na Assembléia Legislativa, que assumiu a função antes exercida por Biolchi.

 

“O ato de hoje marca uma nova fase de um mesmo governo, que busca imprimir um ciclo virtuoso de desenvolvimento ao Estado”, afirmou a governadora. Yeda Crusius fez também um agradecimento especial ao deputado Luiz Fernando Zachia, que, ao deixar a Secretaria do Desenvolvimento, relatou a geração de 2,6 mil empregos nos últimos sete meses.

Ao tomar posse, Biolchi garantiu seu compromisso com a ampliação da política de atração de novos investimentos ao Estado e afirmou que aprofundará a sintonia com as secretarias da Educação e da Ciência e Tecnologia rumo à melhoria qualificação do capital humano do Rio Grande do Sul e na construção de alternativas de produção.

“Vamos demonstrar que o Rio Grande do Sul não apenas apresenta os seus atrativos históricos para receber investimentos. O Estado se inclui no cenário econômico mundial e nacional e apresenta elevadas taxas de crescimento e melhora sua prestação de serviços estatais”, disse Bolchi.

O novo líder do governo no parlamento gaúcho, Pedro Westphalen, afirmou que seguirá na defesa do projeto de desenvolvimento do Estado junto aos demais deputados. “Aceitei esse honroso convite sem pestanejar pelos compromissos e pela crença que temos neste governo”, disse Westphalen.

Prestigiaram a cerimônia secretários de Estado, membros do governo estadual, presidentes de autarquias e órgãos vinculados, além de prefeitos, deputados representantes de entidades de classe e de autoridades do Ministério Público e do Poder Judiciário.

 

SUGESTÃO DE LEITURA – confira aqui, se desejar, também outras reportagens produzidas e distribuídas pela assessoria de imprensa do Palácio Piratini.

 

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo