Arquivo

Foi embora. Gilberto Gil pede demissão do Ministério da Cultura. Vai apenas compor e cantar

Reproduzo, pela atualidade, nota que publiquei no início da noite desta quarta-feira, apenas com as correções cronológicas necessárias. A seguir:

 

“Se foi. Gilberto Gil sai do ministério da Cultura para fazer o que ele, de fato, sabe: música

 

Ministro, miniiistro, ele nunca foi, de fato. Um cartão de visitas, talvez. Uma “laranja de amostra”, quem sabe. Ou um enfeite, com todo o respeito. Agora, quem tocava o Ministério da Cultura, desde que Gilberto Gil (na foto de Gervásio Baptista, da Agência Brasil) foi titular da pasta, eram os assessores. E funcionou. Até agora. Enfim, Gil decidiu se mandar pra fazer música, apenas. Seu substituto, Lula vai escolher apenas depois de voltar da China, onde assiste à abertura da Olimpíada de Pequim.

 

Sobre a confirmação da saída do músico da pasta da Cultura, acompanhe notícia divulgada pela Agência Brasil, em texto da repórter Carolina Pimentel, no início da noite desta quarta-feira. A seguir: 

“Gilberto Gil deixa o Ministério da Cultura

O ministro da Cultura, Gilberto Gil, confirmou há pouco que vai deixar o cargo. Ele anunciou sua saída depois de reunião com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em que ele aceitou o pedido de demissão do cantor.

Gil informou que, depois que Lula voltar da viagem para a China – em que o presidente participa da abertura dos Jogos Olímpicos no dia 8 de agosto – ele deve efetivar o atual secretário-executivo, Juca Ferreira, como ministro.

O ex-ministro alegou que deixou o cargo por ter dificuldades de conciliar as funções de ministro com a carreira artística.”

 

SUGESTÃO DE LEITURA – confira aqui, se desejar, também outras reportagens produzidas e distribuídas pela Agência Brasil.

 

 

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo