Arquivo

Não custa lembrar. Militante na rua pode significar a vitória. A falta dele, a derrota

Confira a seguir parte da nota que publiquei na madrugada de 8 de julho de 2006, um sábado:

“Partidos. São só quatro grandes em Sta Maria

O levantamento mais atualizado aponta, o que não chega a ser uma grande novidade, mas é importante, dado o momento eleitoral, quantos filiados cada partido tem em Santa Maria.

Por que é importante? Simples. Supõe-se que se tenha, nos formalmente ligados às siglas, o exército necessário de militantes em busca de votos em 1º de outubro. Aliás, a militância direta, o corpo-a-corpo, terá fundamental efeito nesta campanha, dadas as restrições férreas impostas pela legislação à campanha eleitoral.

Sem sowmícios, camisetas, bottons e outros itens, sobram duas formas de amealhar votos: o horário eleitoral gratuito no rádio e na TV e o contato direto com o eleitor, o conversê, o tete-a-tete, o proselitismo enfim.

Como é sabido que os meios eletrônicos estarão focados especialmente nas candidaturas majoritárias, resta aos concorrentes a deputado estadual e federal ficar frente a frente com o eleitorado. E, eis aí o porquê, a militância é o meio mais à mão para todos os candidatos.

Nesse sentido, quanto mais homens e mulheres dispostos a empunhar uma bandeira, ir de casa em casa, melhor. É a tese, ao menos.

Assim, os partidos com maior número de filiados têm teórica vantagem. E, em Santa Maria, não há dúvida: PT, PMDB, PP e PDT estão bem à frente dos demais, como…
”

Para ler toda a nota, acesse aqui.

 

PASSADOS EXATAMENTE DOIS ANOS, estamos diante de uma nova campanha eleitoral. Com a diferença que, agora, a militância partidária é ainda mais importante. E os quatro maiores partidos da cidade estão divididos. Como se comportarão, nos próximos três meses? A resposta a esta pergunta pode significar a diferença entre a vitória e a derrota, para a dupla de candidatos mais competitiva.

 

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo