Arquivo

Não custa lembrar. Tamanho dos súpers, a discussão superada. Para o bem do consumidor

Confira a seguir a nota que publiquei na tarde de 21 de julho de 2006, uma sexta-feira:

“Economia. A comunidade, o plano diretor e o tamanho dos supermercados de Santa Maria   

Uma audiência pública aconteceu na manhã desta sexta-feira, na Câmara de Vereadores. Parlamentares, empresários, representantes da Prefeitura e outros debateram a proposta, feita por supermercadistas santa-marienses, por sua entidade de classe, para limitação do tamanho das lojas.

Por trás da discussão (ou à frente, se melhor entenderem) as supostas vontades de um investidor externo (mais exatamente de Passo Fundo) em chegar ao mercado de Santa Maria através de uma grande loja, a ser instalada onde hoje é o Centro Comercial Hugo Taylor, bem no centro da cidade.

São por demais óbvios os interesses envolvidos para que sejam desconhecidos. No entanto, é importante a discussão, não importa a opinião que você tenha neste momento. E o debate se deu de maneira civilizada, mas forte, no parlamento municipal – inclusive porque está em jogo não apenas…
”

Para ler a nota na íntegra, clique aqui.

 

PASSADOS EXATAMENTE DOIS ANOS, essa discussão enfim parece ter acabado. Afinal, gente daqui também disputa mercado em outras praças. E quem ganha é o consumidor, seja de que lugar for. Aliás, aquele mesmo projeto acabou sufocado pela comunidade e foi simplesmente esquecido. Ainda bem.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo