Arquivo

UM LADO. Schirmer vai aos empresários e diz que herdou uma situação “caótica” na Prefeitura

A propósito da participação do prefeito Cezar Schirmer, em reunião do Fórum das Entidades Empresariais, na segunda-feira, acompanhe material publicado no sítio oficial da prefeitura, em texto e fotos produzido pela assessoria de imprensa da Prefeitura:

 

“Governo Schirmer herda prédios sucateados e dívida de mais de 8 milhões

 

Através de relatórios e imagens, com um quadro para cada secretaria, o prefeito Cezar Schirmer mostrou aos empresários do Fórum das Entidades Empresariais a situação “caótica” da administração pública municipal, herdada por ele e por sua equipe. A apresentação, projetada em uma tela, aconteceu Na última segunda-feira (26), durante reunião-almoço no Restaurante Augusto. Este foi o primeiro encontro público do novo prefeito com as entidades, após as eleições. Schirmer salientou que é sua obrigação prestar contas à sociedade. “Meu dever é mostrar à opinião pública uma realidade diferente daquela mostrada pelo ex-prefeito Valdeci Oliveira”, disse Schirmer.

O objetivo da apresentação, segundo o próprio prefeito, não é apenas criticar a administração anterior, mas a partir do diagnóstico olhar para o futuro e traçar novos paradigmas de conduta, de eficiência e de transparência. O prefeito também pediu a união e a compreensão de toda a sociedade santa-mariense. “Qualquer administração precisa de um período para colocar a casa em ordem”, afirmou o chefe do executivo.

Na primeira parte da apresentação o prefeito Cezar Schirmer explicou que o problema geral, que afetou praticamente todas as secretarias, foi o grande número CCs, principalmente em cargos de chefia. “Quando eles saíram ficamos sem a memória das atividades que eles coordenavam”. Um dos exemplos citados por Schirmer é o loteamento Cipriano da Rocha, cujas casas, consideradas prontas, foram entregues sem água nem luz e a equipe do atual prefeito não teve acesso as informações.

Problemas se acumulam

Entre as secretarias enumeradas pelo prefeito com problemas de funcionários, está a de Desenvolvimento Econômico, pasta acumulada por Schirmer, na Habitação, nos Esportes, nas Obras e na Assistência Social. Nestas, ou não há funcionários de carreira ou os funcionários são de outros setores, em desvio de função.

Outra questão preocupante, segundo o prefeito, é a questão patrimonial. É praticamente inexistente o controle dos bens móveis (prediais e territoriais), bem como o controle patrimonial. O prefeito explica que mesmo tendo sido combinado na transição, este controle não foi repassado à atual administração. Segundo constatação da equipe de Schirmer, a responsabilidade do controle ficava a cargo de um CC que saiu e não deixou relatório.

Entre os problemas que se acumulam, muitos são evidentes e foram ilustrados com fotos. A má conservação dos prédios e o descaso com alguns setores da administração deixaram os participantes do fórum surpresos. As fotos mostraram, entre outros problemas, goteiras em cima de equipamentos eletrônicos, escadarias sem acabamento, maquinário sucateado ou mesmo novos, mas estragados e guardados sem proteção; gabinetes dos secretários sem condições de uso; praças e parques cujo mato tomou conta e abrigos sucateados, como é o caso do Abrigo de Meninos, interditado na semana passada.

As questões administrativas e financeiras também são um problema a mais para atual administração . A secretaria de Administração revela, entre outros problemas, que não há um instrumento de orientação técnica para o desenvolvimento da Informática (Plano Diretor); O Sistema de Informações Municipais SIM, não está rodando, gerando uma pendência judicial; e o sistema de gestão administrativa foi contratado emergencialmente da Dueto, enquanto está em andamento uma nova licitação para contratação dos programas de pessoal, contabilidade, tributários, e outros.

O relatório apresentado pelo prefeito atesta que o modelo de gestão atual da prefeitura contraria a lógica, centralizando a operação e descentralizando o controle e o gerenciamento. Assim, inúmeras secretarias controlam recursos, projetos e obras e muitas se sobrepõem (Escritório da Cidade, Obras, Turismo, PAC, etc).

Quanto à situação financeira do município, as informações fornecidas pela secretaria de município das Finanças, também são preocupantes. A dívida herdada da administração anterior é de mais de 8 milhões de reais. A progressão das despesas, que causou surpresa na própria equipe de Schirmer, no início do Governo, também surpreendeu os integrantes do Fórum. Em 2008 os servidores fizeram 455 mil horas extras, onerando os cofres públicos em quase 5 milhões. O gasto com a Corsan foi de 582 mil e o gasto em telefone de 926 mil reais. Já o recolhimento do lixo na cidade, teve um acréscimo de cerca de 2 milhões de reais em um ano. Em 2007 o serviço custava para os cofres públicos R$ 4 milhões 857 mil e em 2008 totalizou 6 milhões 761 mil reais. “Nós acreditamos que a sociedade tem o direito de saber onde foi o seu dinheiro”, justifica o prefeito.

Esta é apenas uma parte dos problemas, afirma o prefeito. Ao término da apresentação alguns membros do Fórum, espantados com as informações fornecidas pela administração municipal, utilizaram a expressão: “quadro dantesco”, para o panorama que foi mostrado.“

 

 

SUGESTÃO DE LEITURA – confira aqui, se desejar, também outras reportagens produzidas pela assessoria de imprensa da Prefeitura.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo