Arquivo

Do Atílio Paiva.Internauta, após um mês de novo governo municipal, propõe “concurso de choro”

A propósito do primeiro mês da nova administração municipal, escreve o internauta Atílio Paiva. Acompanhe a íntegra da correspondência dele:

 

“Concurso do Choro

Deveria ser criado na cidade um concurso com o seguinte fim: qual o secretário da atual administração que mais chora em público reclamando de problemas na cidade. Só que este concurso teria que ter uma regra bem clara: o prefeito Schirmer teria de ser “café-com-leite”, ou seja, não participar da disputa, porque caso contrário ele arrebataria o prêmio sem dificuldades.

Inclusive, me chamou a atenção a frase dele divulgada no Jornal A Razão deste final de semana onde ele diz, sem nenhum pudor, que passados 30 dias da sua administração ainda não conseguiu trabalhar. Meu Deus. Trinta dias não são uma semana, nem duas, e nosso prefeito, como ele mesmo admite, permanece inerte, amorfo.

 A comunidade acha estranho esta declaração partir de alguém que passou a campanha eleitoral inteira louvando-se como o administrador competente, que faz mais e melhor em menos tempo. Mas onde estão os mega-projetos anunciados pelo prefeito eleito?

Certamente é cedo ainda para cobrar realizações, mas ao menos as principais idéias do novo governo já poderiam ter sido comunicadas, como aquela idéia de implantar um trem para ligar a Gare da Estação até a UFSM. E aquele famoso túnel na Rua Tuiuti? Por enquanto, só vemos lágrimas.

Atílio Silvestre Paiva – autônomo

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo