Arquivo

EXTRA. Sarney confirma favoritismo e é eleito presidente do Senado

O ex-presidente da República, José Sarney, maranhense eleito pelo Amapá, vitoriou-se há  poucos minutos presidente do Senado, função que exercerá pela terceira vez. O peemedebista obteve 49 votos, contra 32 de Tião Viana, do PT, seu oponente.

 

Embora o sobressalto dos últimos dias, sobretudo após a manifestação do PSDB, em favor do petista, Sarney acabou confirmando o favoritismo que lhe era atribuído. E até com certa folga. Eram necessários 41 dos 81 votos possíveis. Fez 20% mais, num pleito em que não houve ausências.

 

Sobre as eventuais conseqüências do resultado, ainda voltaremos ao tema. Pode aguardar!

 

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo