Arquivo

Veículos. IPI segue reduzido, mas indústria não pode demitir. Mercado (SM inclusive) agradece

Os dados preliminares, ainda sem números consolidados, indicam um bom desempenho no mercado de automóveis novos, nas revendas autorizadas de Santa Maria. Similares, no mínimo, aos verificados em igual período do ano passado. Mas havia uma preocupação: será que o IPI reduzido continuará, pois ele é, ao lado de razoáveis taxas de juro, o grande motor da indústria automotiva, pós crise ianque?

 

A resposta é pra lá de positiva, do ponto de vista do setor. Nesta segunda-feira deve ser anunciada a prorrogação da medida tomada pelo Governo Federal em fins de 2008. Mas, para que isso acontecesse, teve que haver um acordo com a indústria, envolvendo por exemplo a manutenção dos empregos.

 

Como isso se deu, e que proporcionará a continuidade da medida, você fica sabendo na reportagem a seguir, publicada no sábado pel’O Estado de São Paulo, com texto de Cleide Silva. A foto é de Marcello Casal Jr, da Agência Brasil. Confira:

“Corte de IPI de carro é prorrogado

Uma manhã de conversas ao telefone entre sindicalistas, dirigentes de montadoras e o ministro da Fazenda, Guido Mantega (foto), selou ontem a renovação do acordo de redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para os carros por mais três meses. O anúncio oficial será feito na segunda ou terça-feira, pois depende da agenda dos envolvidos nas negociações.

O governo já vinha manifestando intenção de renovar a medida, que ajudou as montadoras a venderem, em plena crise, mais veículos no primeiro trimestre deste ano do que em 2008. O impasse estava na contrapartida a ser exigida, de manutenção de empregos, sugerida pelas centrais sindicais. Só em janeiro e fevereiro as montadoras cortaram 4 mil vagas.

As fabricantes concordaram, desde que ficassem de fora os trabalhadores com contratos temporários. Os sindicalistas encontraram uma “frase mágica” para endossar o acordo, que terá cláusula afirmando que “os contratos temporários serão cumpridos”. Ou seja, aqueles que vencerem nos próximos três meses não serão renovados, pois tinham validade por um ano. A abertura de programa de demissão voluntária está liberada…”

 

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo