Arquivo

”Nunca antes…” Reservas brasileiras batem estratosféricos US$ 209,5 bi. É um supercolchão!

Na fase mais aguda da crise, o Banco Central repassou quase US$ 40 bilhões a empresas e bancos nacionais, na forma de empréstimo. Tudo para garantir um mínimo de normalidade e, mais que isso, ter a certeza de que os efeitos da crise ianque pudessem ser minorados no País. Como todos estão mais carecas do que o repórter de tanto saber que está dando certo, agora o governo tem motivos para comemorar. Ao mesmo tempo em que o Brasil já começa a se destravar economicamente, ainda recuperou o troco emprestado e, mais que isso, ampliou as suas reservas em moeda forte num nível nunca antes alcançado na história.

 

Pooois é. Trata-se de mais uma que o Presidente Lula pode dizer – ao lado de ter pago todo o empréstimo feito por Fernando Henrique Cardoso (US$ 41 bilhões -: está disponível um supercolchão para defender as finanças nacionais. Os detalhes você pode conferir na

reportagem de Fernando Nakagawa e Renata Veríssimo, na versão online d’O Estado de São Paulo. A seguir:

 

“Reservas brasileiras batem recorde e somam US$ 209,576 bi

Volta de fluxo cambial positivo no País possibilita intervenções do BC no mercado cambial e aumenta reservas

 

As reservas internacionais brasileiras atingiram na quinta-feira, 16, um novo recorde histórico, totalizando US$ 209,576 bilhões, pelo conceito de liquidez internacional. O valor mais alto já atingido pelas reservas, até então, havia sido de US$ 209,386 bilhões, em 6 de outubro de 2008. O novo valor representa uma elevação de US$ 265 milhões em relação aos US$ 209,311 bilhões registrados na quarta.

 

Mesmo com a crise financeira internacional, o Banco Central (BC) retomou os leilões de compra de dólar no dia 8 de maio. Desde então, essas intervenções diárias já retiraram US$ 6,2 bilhões do mercado, conforme dado atualizado até 15 de julho. Essas intervenções têm sido possíveis porque o fluxo de dólares voltou a ficar positivo para o Brasil. Entre abril e junho, por exemplo, US$ 6 bilhões ingressaram no País e o fluxo cambial no acumulado de 2009 – que estava negativo – voltou a ficar positivo, com a entrada de US$ 3,1 bilhões este ano até a última sexta-feira (dia 10)…”

 

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo