Coluna Observatório. “Prefeito vai a Nelson Marchezan Jr. Jorge Pozzobom estaria em baixa?”

Pode-se buscar a explicação que se quiser, que não passará disso. O fato é que, objetivamente, o prefeito Cezar Schirmer entendeu que Jorge Pozzobom, o (quase) único político santa-mariense a demonstrar fidelidade extrema à governadora, a quem serviu como adjunto da Secretaria Geral de Governo, seria insuficiente para pressionar a Yeda Crusius a providenciar a transferência dos 254 hectares da área da Nova Santa Marta. Tanto que buscou outra alternativa. No caso, o deputado Nelson Marchezan Jr. Aliás, não foi esse o único pedido de Schirmer ao parlamentar tucano. Também foi a quem recorreu para solicitar a municipalização de trecho da Faixa Nova para Camobi.

 

Aliás, e especificamente em relação à Santa Marta, não custa lembrar que terça-feira, dia 25, faz exatamente dois anos que a governadora firmou o compromisso de repassar a área. E até agora nada, embora tudo devidamente aprovado pela Assembléia. Pozzobom, no entendimento de gente grandona da administração, até se esforçou, mas nada conseguiu. Então…

 

EM TEMPO: prepare-se, leitor, para a negativa ao comentário acima. Ou ao silêncio; o que, nesse caso, dá na mesma.

 

 

 

 



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *