COLUNA OBSERVATÓRIO. “Os áudios que causam constrangimento a João Carlos Maciel”

Antes de mais nada, a coluna não é Ministério Público nem Poder Judiciário. Portanto, é prudente deixar que essas partes façam seu trabalho. Dito isto, resta a questão política a partir do imbróglio em que se vê envolvido o campeão de votos, João Carlos Maciel.

Ao contrário de muitos, a coluna não vê qualquer semelhança entre a denúncia contra o edil-radialista-prestador-de-serviços-comunitários e a que redundou no afastamento do então vereador Júlio Brenner. São coisas bem distintas. Há quem diga que, agora, seja mesmo pior, na medida em que a acusação se dá a partir de um suposto uso de troco público para subsidiar atividades comunitárias do parlamentar. É o que apurará o  Ministério Público. Ponto.

Já o desgaste e o constrangimento político, para o vereador, é irremediável. Pelo menos no curto prazo. O futuro? Pertence à investigação. E só a ela.

PARA SABER O QUE ESTE SÍTIO JÁ PUBLICOU A RESPEITO, CLIQUE AQUI (a denúncia), AQUI  (a defesa) E AQUI  (a íntegra dos áudios).



2 comentários

  1. JOÃO ROCHA

    como já tinha perguntado quanto o “NOBRE´´ tirava do bolso para fazer caridade? NADA, NADA, NADA,NADA, pois é fazer graça com o chapéu dos outros é muito comodo o pior de tudo isto é usar assesores pagos pelo dinheiro público para sua “CARIDADE´´, isto é grave o ministério público não pode deixar passar ileso este senhor.
    nada como um dia após o outro, um dia ele chama integrantes de uma comunidade de besta e desocupados no outro envolvido no MAIOR escândalo da cidade

  2. Jonis Lemos

    Constrangimento? Coitado!
    Quando ele abre a bocarra nos microfones da radio onde trabalha para denegrir imagem de outros com comentarios PARCIAIS e pessoais, ele não fica constrangido.
    Mais um DEMAGOGO que cai por terra.
    João Rocha, CARIDADE só para bolso do próprio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *