Ministério PúblicoPrefeitura

172. E UM NÚMERO INDEFINIDO. Aí, as preocupações se voltam para a Prefeitura

Adede Y Castro: concurso vapt-vupt e show. Dois casos com o Executivo
Adede Y Castro: concurso vapt-vupt e show. Dois casos com o Executivo

Diferente dos três edis investigados em inquéritos civis instaurados pela Curadoria de Defesa Comunitária (leia a nota imediatamente anterior, abaixo), pelo menos um de outros dois procedimentos a ser abertos pelo promotor João Marcos Adede & Castro, e que têm como alvo atos do Executivo, ainda não havia recebido numeração, até o meio da tarde de ontem. É possível que, hoje, ele já tenha seus algarismos específicos.

O fato, porém, é que o promotor, ainda que não tenha definido os passos a ser seguidos, garantiu ao repórter, em conversa por correspondência eletrônica, na manhã de ontem, que será investigado o caso denunciado por Lisandro Santos Machado, e que este sítio reproduziu com absoluta exclusividade (confira AQUI), na manhã de anteontem.

Relembrando, o cidadão enviou correspondência ao Ministério Público, na última sexta-feira, denunciando possível ato de improbidade e promoção pessoal indevida do secretário de Esportes, Tubias Calil, durante o show da dupla Victor e Léo, na noite de quinta-feira. A  Curadoria pretende apurar o caso, conforme informou o promotor.

Já o 172 é outra história. E que também tem a ver com o Executivo. Trata-se da investigação acerca do concurso vapt-vupt, que foi inicialmente noticiado neste (nem sempre) humilde sítio, exatamente no dia 28 de agosto (rememore AQUI)

Relembrando: este repórter estranhou (não acusou, porque não é sua função) a rapidez com que a Prefeitura promoveu, da publicação do edital até a divulgação do resultado, o concurso que escolheria os seis integrantes da equipe técnica do ProJovem, programa que beneficiaria centenas de jovens santa-marienses. Concurso que, aliás, a prefeitura decidiu cancelar, assim como o próprio Programa.

A situação toda é objeto de investigação ainda em curso, conforme o promotor João Marcos Adede & Castro, que não fixou prazo para o encerramento. Ah, o número inteiro do Inquérito Civil é 00864.00172/2009.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo