PartidosPrefeituraSanta Maria

BRONCA. O PDT, “motivo de piada nos bastidores”, na visão de um militante brabo

Cá entre nós, nem sabia que o PDT, aqueeeele partido importante, ainda existia na cidade. Afinal de contas, depois de corroída por disputas internas, a agremiação acabou saindo esfacelada do pleito municipal passado. Mas, creia, a briga continua. Não sei em que termos, mas a coisa continua feia no interior da sigla fundada pelo falecido Dr Leonel.

Recebi correspondência eletrônica na forma de artigo assinado pelo militante Henrique Heinz, que é do Diretório Estadual da sigla.

Reproduzo a seguir a íntegra do texto e você, leitor, tira tua própria conclusão. Ah, o espaço está inteiramente à disposição do outro lado, para o contraponto, se assim desejar, como faz parte do espírito democrático do sítio. Acompanhe:

DA HUMILHANTE SITUAÇÃO ATUAL DO NOSSO QUERIDO PDT,  UM GRANDE PARTIDO QUE DEFINHA NAS MÃOS DE POUCOS.

E difícil de acreditar que um partido outrora tão importante no cenário municipal, hoje e fruto de piadas nos bastidores da política local. O PDT – 2Q09 não passa de um instrumento para que alguns poucos possam desfrutar de miseráveis cargos na atual administração.

Sem prestigio, sem respeito e sem o ao menos o reconhecimento do governo atual, hoje tem apenas “cargos” e mais nada. Diga-se, ao menos ostentasse “cargos” de visibilidade pública…

Pelo contrario. Parece que o Governo tem ideia da quão destrutiva foi à união deste grupo que se intitula “PDT” a sua campanha municipal em 2008. Traíram o então governo, que os tratava com dignidade. Tudo em troca de “cargos” na futura administração.

Não há como se comparar as situações. Antes o PDT brilhava, com dois secretários. Além de vários nomes de peso e com influência na administração. Hoje vive escondido, perambulando pelos corredores do poder municipal. Uma vergonha.

Pior, a direção foge as suas obrigações. Alguém ouviu falar em eleições internas do PDT?  Ninguém, porque a direção atual não quer eleições. Quer dar outro golpe e ficar mais dois anos no canetaço. Alias, sua especialidade; eis que daí mesmo nasceu.

Por isso esse grito de inconformidade, daqueles que são do PDT que começou e terminou do mesmo lado. Que ganhou e perdeu junto com seus irmãos de chapa. Era visto que aquela palhaçada de 2008 – 0 golpe forjado para trocar de lado, iria dar nisso. Afinal, ”Prefeito Schirmer, Santa Maria quer saber quem do PDT esta com cargos no Governo”?

(a) Henrique Heinz – PDT-SM
Membro da Executiva Estadual do PDT-RS”

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

15 Comentários

  1. @Ricardo Bieri
    É bom saber que você conhece a história de Leonel de Moura Brizola! O que esta fora dos livros é boatos que nunca foram provados nem a ditadura conseguiram acusá-lo de qualquer uso indevido da coisa publica. Mas os militantes de siglas reacionárias existem em tentar colocar um rabo em sua história como envolvimento com bicheiros etc. Por falar em bicheiros você já fez sua fezinha hoje? Eu tenho um bom palpite para você aposta no papagaio!

  2. Henrique: E qual é a novidade em tudo isto que vc postou logo abaixo? Isto tudo está nos livros de História,…sobre isto eu já sabia;…e sobre a relação digamos “promiscua” dele com os bicheiros cariócas,…algo a declarar?

  3. Ricardo para encerrar análise a vida política de Leonel Brizola sem paixão por algum partido político ou pensamentos fascista.
    Veja as coisas como um patriota!
    Quer saber: Brizola foi uns dos mais importantes políticos da história do nosso pais, Leonel. Em 1958 quando elegeu se governador do Rio Grande do Sul, Leonel de Moura Brizola lança Letras do Tesouro Estadual,chamadas então de Brizoletas, que viabilizaram grande número de investimentos sociais.
    Como por exemplo a multiplicação das escolas no RS .
    Segue mais!
    1958 ELEGE-SE GOVERNADOR DO RIO GRANDE DO SUL
    Aos 36 anos, com amplo respaldo popular (mais de 670 mil votos contra 500 mil de coligação PSD/UDN/PL), elege-se governador do Estado. Mesmo sem Ter alcançado maioria absoluta, constrói alianças que lhe dão respaldo à ação administrativa na Assembléia Legislativa.
    PRINCIPAIS OBRAS E INICIATIVAS COMO GOVERNADOR (1959/1962)
    – Cria o Gabinete de Administração e Planejamento (GAP) dentro do próprio Palácio de Governo, com o objetivo de coordenar toda a ação e planejamento público
    Implanta com recursos públicos a indústria Aços Finos Piratini, utilizando carvão gaúcho em projeto pioneiro no Estado.
    Traz para o Rio Grande do Sul a Refinaria de Petróleo Alberto Pasqualini, decisiva para a futura instalação de indústrias de adubos e III Pólo Petroquímico
    Implanta, com recursos públicos, a Açúcar Gaúcho S/A – AGASA, em região canavieira pobre do Estado
    Incorpora o Banco do Estado do Rio Grande do Sul – BANRISUL – ao planejamento estadual
    Cria a Caixa Econômica Estadual
    Cria o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul – BRDE, unido a política de desenvolvimento dos três Estados do Sul
    Conclui a Termelétrica de Charqueadas, de grande porte para a época, próxima a Porto Alegre, e põe em operação a de Candiota, localizada em Bagé, além de construir várias usinas de médio porte
    Encampa, dentro das normas legais, a Cia. Estadual de Energia Elétrica, subsidiária da Bond & Share canadense, ligada ao grupo americano American Foreign Power, que com a Light carioca cartelizavam a produção de eletricidade nos maiores centros brasileiros
    Triplica, em quatro anos, a produção de eletricidade do RGS, acabando com os racionamentos
    Encampa a Cia. Telefônica Nacional, subsidiária da International Telegraph & Telephone – ITT, após o insucesso de longas gestões, para melhoria dos serviços telefônicos do Estado
    Cria o Instituto Gaúcho de Reforma Agrária – IGRA, com a entrega de mais de 14000 títulos a agricultores sem terra, destacando-se áreas de assentamento como Fazenda Sarandi, Banhado do Colégio, Caponé, Fazendas Itapoã, Taquari e Pangaré.
    Inicia e conclui o maior programa de investimento em educação realizado até hoje no Estado, com a construção de 5902 escolas primárias, 278 escolas técnicas e 131 ginásios, abrindo 700 mil novas matrículas e contratando 42 mil novos professores, eliminando o déficit escolar
    Lança as inovadoras Letras do Tesouro Estadual (brizoletas) que viabilizaram grande número de investimentos sociais
    Faz uma série de investimentos específicos, com a criação de Distritos Industriais, do Programa de Incentivo ao Trigo e do primeiro Zoológico do Rio Grande do Sul, em Sapucaia do Sul.
    No plano político, inicia o governo queimando os arquivos do Departamento de Ordem Política e Social – DOPS, eliminando a máquina existente de repressão no interior do governo estadual. Introduz um programa radiotelefônico semanal e pioneiro no País, todas as sextas-feiras à noite, de prestação de contas e esclarecimento sobre a administração estadual. Inicia e coordena o movimento da Legalidade, sustando o plano que visava a impedir a posse do Vice-Presidente constitucional João Goulart, em ação política inédita e que garante o respeito à Constituição no país.

  4. Henrique; se vc tiver oportunidade pergunta aos professores da rede estadual do Estado do RS (quando o Brizola foi governador aqui do nosso Estado) de que forma ele costumava pagá-los? Sê não era através do “revolucionário” método das famosas “brizoletas” (um “papel-moeda” que não tinha valor de mercado nenhum). Sei disso, porque nesta época minha mãe era professora da rede estadual-RS (lá pelos anos de 1950).

  5. Qual a “grande obra” o Brizola implantou no RJ, o “Ciep`s”? KKKKKKKKKKKKKK; cara, agora eu sei que vc não conhece mesmo o Rio, na realidade, NUNCA esteve lá, nem mesmo “a passeio”; suas teorias não passam de “devaneios”; baseados em cartilhas ultrapassadas.

  6. Responder para o senhor Ricardo não é nada fácil, parecem-me ser uma pessoa que não olha para o lado só enxerga o que perto do seu nariz!
    Em primeiro lugar é filho de milico dos “tempos das botinas” daqueles que o exercito enfiava um revolver na cintura e dizia: agora tu és autoridade…
    Ricardo. dizer que o trafico de drogas aumentou no Rio de Janeiro por culpa do Brizola é bizarro nem merece resposta.
    Para o seu conhecimento embora o senhor morasse na cidade maravilhosa parece-me que só enxergava os traficantes… A população mais carente as grandes obras, não eram do seu conhecimento.
    Então: As realizações de Brizola
    No campo da Educação, cujo aspecto mais visível era os CIEPs, eram escolas integrais do Rio de Janeiro, eram de suas experiências como secretário de obras do Estado, Prefeito de Porto Alegre e Governador do Rio Grande do Sul (1959-63).
    Lá, ele implantou um programa até hoje considerado modelo para muitos outros Estados brasileiros e países do Terceiro Mundo. Na verdade, Brizola projetou, em escala estadual, o que fizera em Porto Alegre, multiplicando as salas de aula e aumentando enormemente os índices de escolaridade. Entendia que “sem educação não há desenvolvimento”.
    E dotou o Rio Grande do Sul de uma rede de ensino primário e médio que atingiu os mais longínquos e desassistidos municípios.
    Em apenas 4 anos de mandato, ou seja, entre 1959 e 1962, o Governo de Brizola construiu 5.902 escolas primárias, 278 escolas técnicas e 131 ginásios, colégios e escolas normais, totalizando 6.302 novos estabelecimentos de ensino, abriu 688.209 novas matrículas e admitiu 42.153 novos professores.
    Os CIEPs foram criados na década de 80 por Darcy Ribeiro, quando era Secretário da Educação no Rio de Janeiro, no governo de Leonel Brizola. O objetivo era proporcionar educação, esportes, assistência médica, alimentos e atividades culturais variadas, em instituições colocadas fora da rede educacional regular. Além disso, estas escolas deveriam obedecer a um projeto arquitetônico uniforme. Alguns estudiosos acreditam que, para criar os CIEPs, Darcy Ribeiro havia se inspirado no projeto Escola-Parque de Salvador, de Anísio Teixeira, datado de 1950.
    A idéia dos CIEPs considerava que todas as unidades deveriam funcionar de acordo com um projeto pedagógico único e com uma organização escolar padronizada, para evitar a diferença de qualidade entre as escolas.
    Os CIEPs ainda existem com este nome, mas, no governo de Fernando Collor de Melo, novas unidades passaram a se chamar CIACs (Centros Integrados de Atendimento à Criança). A partir de 1992, estes últimos passaram a ter novo nome – CAICs (Centros de Atenção Integral à Criança).
    Ao todo, foram construídos cerca de 500 CIEPs e 400 CIACs.
    Ricardo! Fico grato pela oportunidade de fazê-lo enxergar.

    @Ricardo Bieri

  7. Além disto ele foi péssimo governador do estado do Rio de Janeiro (sei disto, porquê sou filho de milico, e nesta época meu pai servia em uma unidade na cidade de Volta Redonda). Na época ele não deixava a Polícia subir o morro para combater o tráfico-de-drogas,…resultado: “começaram aí os problemas e aí o Rio começou a perder a GUERRA contra a droga”, graças ao Brizola e seus puxa-sacos (e não adianta me dizerem que não é assim, porque eu estava lá, eu VIVI nesta época e LÁ).

  8. Sinceramente, não entendo porquê enterraram aquele velho-esclerosado lá em São Borja (o Brizola é de Carazinho),…acho que ele nunca botou os pés lá em São Borja (a não ser, é claro,…em Campanha Eleitoral), caso típico de “exibicionismo” político, só porque São Borja é conhecida como a “Terra dos Presidentes”, e como se sabe, o “Briza” queria ser presidente da República,…queria mas não levou, he he he.

  9. Tiago, PDT “trabalhista”,…por favor! O Presidente Getúlio deve estar se “remoendo” no túmulo quando pronunciam esta frase. Amigos, a VERDADE verdadeira é que o Brizola sempre quis encampar o PTB, que por DIREITO e de FATO foi para a sobrinha do Getúlio, a ex-deputada Yvete Vargas.

  10. PDT NA VERDADE SEMPRE FOI UMA PIADA! UM SONHO DE UM CAUDILHO ESCLEROSADO!
    E HJ É REPRESENTADO NO GOVERNO POR QUEM MESMO……..
    NINGUÉM SABE!
    E DIZEM QUE SÃO TRABALHISTAS! RSRSRSRS OS ÚNICOS PDT QUE CONHEÇO NÃO CONHECEM O TRABALHO RSRSRS
    É AMIGOS COM CERTEZA O PDT SE PERDEU….E VAI SER DIFÍCIL SE ACHAR.

  11. concordo com este senhor. O PDT na gestão anterior do prefeito Valdeci tinha dois secretários e não era qualquer área não. Se não me engano uma era a Secretaria de Trânsito e a outra era de Lazer e Esporte. Hoje, os pedetistas, se é que se podem chamar assim os representantes que estão lá, são capazes de estarem servindo cafezinho para os amigos do rei. Lamentável isso tudo.

Deixe uma resposta para Henrique Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo