Câmara de VereadoresColunaObservatório

COLUNA OBSERVATÓRIO. “Os casos de Maciel e Brenner, semelhanças e diferenças”

A seção “Não custa lembrar”

Em 15 de outubro de 2005:

A condenação de Brenner. E o PP – O prejuízo de um é evidente. O outro seria o beneficiado -Os conhecimentos jurídicos do colunista são limitados. No entanto, é possível afirmar, com boa dose de convicção, que dificilmente o vereador Júlio Brenner deixará o Legislativo, do qual é presidente até o final de dezembro, antes do julgamento final (que não tem data para ocorrer) dos recursos que sua defesa impetrou junto ao Tribunal Superior de Justiça e ao Supremo Tribunal Federal…”

Hoje:

Não se sabe, ninguééém sabe, o que acontecerá com o vereador João Carlos Maciel, sob investigação do Ministério Público, por razões semelhantes às que vitimaram a carreira política de Brenner. Mas, na hipótese provável de ser processado, algo é possível afirmar, com a mesma convicção de quatro anos e dois dias atrás (quando publicada a nota ao lado): dificilmente uma solução virá antes do fim do mandato de Maciel. E, no caso de condenação, o beneficiado não será um terceiro, mas o próprio PMDB.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

8 Comentários

  1. Mas, voltando ao debate, meu cumpadre João Rocha tu não achas que deveriam rediscutir na camara de vereadores a estrutra das assesorias?
    Olha cumpadre da forma como elas estão hoje não atendem a nescessidade dos mandatos e acaba dando nessas divisões de salário quando os vereadores querem aumentar o tamanho da assesoria.
    Embora este espaço não seja para isso aproveito para mandar um abraço para o meu afiliado(hehe).

  2. Senhor João Paulo agora me veio uma dúvida, o senhor por acaso não é aquele cidadão que dirgiu a CEASA em Santa Maria lá no DI, aquele projeto que faliu e virou um elefante branco sendo um dos maiores exemplos de disperdício de dinheiro público?. se é me desculpe o PT não abrigaria voce.
    À propósito este espaço não é lugar para questões pessoais eu imagino, aqui o debate deve ser no campo das idéias.

  3. Senhor João Paulo sinnceramente não lhe conheço mas quero lhe informar que não faço jogo de compadre com ninguém apenas troco idéias com as pessoas.
    Quanto ao João Rocha? é meu companheiro de partido!
    Agora , não fique com ciúmes o PT é grande e cabe inclusive voce.
    Umj abraço

  4. É DESSA VEZ O MACIEL SE DEU MAL!
    ELE E O BRENNER NA VERDADE É TUDO IGUAL, O DINHEIRO É PÚBLICO E POR SER PÚBLICO NÃO DA DIREITO A NINGUÉM FAZER DELE O QUE BEM ENTENDER!
    SE UM FOI CASSADO O OUTRO TEM DE SER TAMBÉM! JUSTIÇA É O QUE SE PEDE!

  5. o joão rocha e o ildo calegari fazendo joguinho de cumpadres(sic), era tudo que eu precisava ver. o tempo ahhhh o tempo, isto me faz crer em tudo.voces se merecem!!!!!

  6. Ildo e João Rocha: Vcs por acaso lêram A RAZÃO de sexta? Parece que o Maciel está mais preocupado em melhorar a estrutura da Câmara (a exemplo do que existe em Caxias do Sul) e a aumentar o n° de vereadores da casa (já se fala até em 23 edis já para 2012). Não sei, parece que esse pessoal vive realmente em “outro mundo”.

  7. Eu acho meu caro João Rocha que isso precisa ser mudado porque deixa brecha para muitas irregularidades, a lei é igual para todos e em nome disso e daquilo a coisa fica fora de controle mas o que eu espero é que seja feito justiça e que se o Maciel tem culpa no cartório seja cassado.

  8. a diferença do julio brenner e maciel é que o julio dividia o salário com seus assesores para ajudar aqueles que de uma forma ou de outra o ajudaram a se eleger, já o maciel é para cobrir despesas de um prejeto que beneficia só o maciel afinal é pura auto promoção, fazendo graça com o chapéu dos outros assim é barbada fazer caridade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo