Assembleia

CPI DA CORRUPÇÃO. Oposição não emplaca um requerimento sequer. Governo toma conta

O lado governista - majoritário na CPI - aprovou o que quis. E rejeitou ou ignorou o que não quis
O lado governista - majoritário na CPI - aprovou o que quis. E rejeitou ou ignorou o que não quis

Tirante os vídeos e áudios apresentados e, talvez, a ida (sem caráter formal) do vice-governador Paulo Afonso Feijó, a tendência cada vez mais clara da CPI da Corrupção da Assembléia Legislativa é transformar-se em reduto absoluto do governo – em nada interessado (e tem lá suas razões) de aprofundar qualquer investigação. É o que parece, cá entre nós.

Tome-se o exemplo da reunião desta segunda-feira. Eram 25 requerimentos para ser apreciados. Nem unzinho sequer da oposição foi aprovado. A maioria governista não deu pelota às queixas. E os aprovados, tooodos, foram de integrantes de siglas aliadas da governadora Yeda Crusius.

A propósito do encontro que abriu os debates da semana no parlamento gaúcho, acompanhe material distribuído pela Agência de Notícias da Assembléia Legislativa. O texto é de Leonel Rocha, com foto de Walter Fagundes. A seguir:

Deputado votam 20 requerimentos. Apenas seis são aprovados

Comissão Parlamentar de Inquérito – CPI da Corrupção, presidida pela deputada Stela Farias (PT), esgotou, nesta segunda-feira (19), a pauta de matérias que estavam pendentes de votações nas últimas semanas. Dos 25 requerimentos que constavam na Ordem do Dia, os deputados aprovaram seis, rejeitaram 14, quatro foram retirados pelos autores e um foi prejudicado. Entre as propostas aprovadas, cinco são de autoria do relator, deputado Coffy Rodrigues (PSDB). As matérias tratam da convocação de testemunhas, uma acareação e acesso a documentos da Justiça Federal. “Nesta primeira fase da CPI, queremos dissecar o fato determinado que envolve a empresa Atento”, justificou Coffy.

Os parlamentares da oposição criticaram a ação da base aliada, que rejeitou todos os requerimentos que não são de autoria dos situacionistas. Para o deputado Daniel Bordignon (PT), a estratégia dos governistas é aprovar matérias secundárias para a investigação. “É uma tática que leva ao esvaziamento da CPI, para uma conclusão que não aponte responsabilidades”, avaliou Bordignon. Já o vice-presidente da CPI, Gilberto Capoani (PMDB), disse que houve um acordo prévio para a aprovação de apenas oito nomes de depoentes. “Votamos por ouvir as pessoas envolvidas com a Atento. Mas isso não exclui a possibilidade de promovermos as oitivas que foram rejeitadas hoje”, assegurou Capoani.

 A CPI aprovou a tomada de depoimento, como testemunhas, do proprietário da Atento, Gilmar Schwanck Justo; dos advogados da empresa Flávio Pires e Osvaldo de Lia Pires; e do contador e auditor-geral do Estado, Roberval Silveira Marques. Foi definido também que haverá uma acareação entre o secretário adjunto de Administração do Estado, Genilton Ribeiro e o ex-presidente do Detran Sérgio Buchmann…”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI.

SUGESTÃO ADICIONAL – confira aqui, se desejar, também outras reportagens produzidas e distribuídas pela Agência de Notícias da Assembléia Legislativa.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

2 Comentários

  1. É POR ESSAS E OUTRAS QUE O RS TEM É QUE LEVAR DE CHINELADA DOS OUTROS ESTADOS, ONDE JÁ SE VIU! O RS SENDO PALCO DE UM CIRCO COMO ESSES, CREDO!
    E FALAM DE ÉTICA NA POLÍTICA! SEI…….ONDE ESTA ELA……RSRSRSRS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo