Economia

NEM TUDO É PERFEITO. Embora melhorando índices, Brasil ainda é 75% em desenvolvimento humano

Saiu nesta segunda-feira mais um ranking do Relatório de Desenvolvimento Humano, elaborado pelas Nações Unidas. O lado bom, para o Brasil, é que o país apresentou interessantes e consistentes melhorias nos pontos pesquisados, tendo em vista a passagem de 2006 para o de 2007 – o ano base do levantamento. O ruim é que, mesmo assim, está no meio da tabela de nações que são alvo relatório.

Mais: na América perde, além dos tradicionais Chile, Argentina e Uruguai, também para a Venezuela. Caso a se pensar, cá entre nós.

Ah, a propósito do Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), confira material distribuído pela Agência Brasil. O texto é assinado pela repórter Mariana Jungmann. A seguir:

 “Brasil permanece em 75º lugar no ranking do Índice de Desenvolvimento Humano

O Brasil permaneceu em 75º lugar no ranking do Relatório de Desenvolvimento Humano (RDH), que inclui 182 países. Segundo o documento divulgado pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud), o Brasil obteve nota 0,813 – numa escala que vai de 0 a 1, em que 1 representa o desenvolvimento absoluto – e ficou entre os países com nível de desenvolvimento alto. A divisão vai de nível baixo a muito alto.

A Noruega ocupa o primeiro lugar da lista, com Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) de 0,91. O última posição ficou com o país africano Níger, com 0,340.

A posição brasileira se manteve estável de 2006 para 2007, ano em que os dados do relatório divulgado hoje (segunda, 5) se baseiam. Entre os cinco países que se destacaram por subir três ou mais posições no período, três são sul-americanos: Colômbia, Peru e Venezuela.
Os outros dois são a China e a França, que volta a figurar na lista dos dez primeiros. O progresso desses países, segundo o relatório, está relacionado a melhorias na educação, expectativa de vida da população e nos rendimentos médios per capita…

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI.

SUGESTÃO ADICIONAL – confira aqui, se desejar, também outras reportagens produzidas e distribuídas pela Agência Brasil.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo