ColunaObservatório

COLUNA OBSERVATÓRIO. “Entorno do governo municipal vive dias de TPNS. Hein?”

Curiosamente, apesar da dúvida sobre o perfil dos substitutos dos secretários candidatos ou que, no caso específico de Cezar Busatto, vão embora, há pelo menos uma certeza e duas dúvidas.

A convicção é que Pozzobom e Calil influenciarão na escolha dos sucessores – mesmo que não voltem em outubro. Já uma dúvida é em torno de quem sucederá Farret. Aposta-se que Schirmer gostaria de nomear alguém da sua confiança, mas não necessariamente ligado ao atual titular.

A segunda grande incerteza se dá em torno do substituto de Busatto, que marcou de forma forte esses primeiros 15 meses de governo e não haver um nome sequer próximo do carisma do que se retira. Tanto que cogita-se, sem que o prefeito sinalize isso, que o ungido poderia ser o Chefe de Gabinete, Giovani Manica. É. Pode ser. Mas, nesse caso, seria mais um cargo a ser preenchido – exatamente o que seria deixado por Manica.

De todo modo, é perceptível, quando se escuta quem gravita em torno de Cezar Schirmer, a tal TPNS. Hein? Isso mesmo, a “tensão pré-novos secretários”.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Um Comentário

  1. @Jean Carlo
    A resposta para reduzir gastos da folha de pagamento está em medidas como:
    – rever a estrutura de governo, considerando que existem CCs sem fazer absolutamente nada;
    – dar FGs as devidas pessoas sem inchar a folha com penduricalhos;
    – terminar com o regime de suplemetação de trabalho – RST por vaga no quandro do magistério;
    – terceirizar profissionais para funções elementares: agentes, auxiliares de serviçoes gerais, manutenção, merenda…;
    – diminuir a super população no gabinete do Prefeito Municipal; procurar onde andam alguns que saíram de férias desde março de 2009 e ainda não retornaram…
    Quer mais!

  2. @Jean Carlo
    Oi Jean Carlo, a famosa rádio corredor é um barato! Nela ouvimos muitas dicas úteis, outras nem tanto. Mas nesse trololó também ressurgem outros nomes fortes à Secretaria de Educação. Nomes como Fátima Santini e, também, Marilene Dalla Corte. Será? E se for verdade, será que elas aceitariam retornar à pasta da educação? Quais as garantias do Sr. Prefeito para que isso aconteça e a educação volte a trilhar o rumo certo? Veremos! Agora, vamos combinar, a dupla sertaneja Schirmer e Desconzi é de doer nos ouvidos!!! O que é isso? Será que não existem outras pessoas para dar conta das demandas da prefeitura? Na própria Procuradoria tem outras opções para assessorar nas questões jurídicas tanto quanto ou melhor que a Dra. Anny!

  3. a famosa Rádio Corredor já anuncia que o nome forte para educação é o de Norma Rolim, mesmo que alguns façam força para ser o de Magali. Mas a outra jogada forte seria colocar a bacharel Any no lugar de Farret na Saúde, para que possa acalmar as coisas por lá. Daqui a pouco só precisará o Schirmer e a Any no governo. Será que é essa a solução para reduzir os gastos com a folha de pagamento na prefeitura??????

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo