CongressoPolítica

LEGISLAÇÃO PARTICIPATIVA. Comissão presidida por Pimenta ouve Movimentos Sociais e entidades da Sociedade Civil

Será daqui a pouco, antes das 9 da manhã, a primeira reunião da Comissão de Legislação Participativa da Câmara dos Deputados – presidida pelo petista santa-mariense Paulo Pimenta, eleito para a função no início do ano legislativo.

Pimenta: primeiro encontro será com movimentos sociais e representantes da sociedade civil

No primeiro encontro do ano, haverá reunião com representantes da sociedade civil e dos movimentos sociais. Entre os presentes, para se poder perceber a pluralidade do organismo, estarão, por exemplo, representantes do Movimento Sem Terra e da Associação dos Delegados da Polícia Federal. Da mesma forma, entre mais de uma dúzia de entidades, estão listados como participantes do encontro, o Sndicato dos Auditores fiscais da Receita Federal e integrantes do movimento “Campanha quem financia a baixaria é contra a cidadania”.

Quer dizer, amplitude é o que não falta. Mas, para saber mais sobre os objetivos da Comissão, e o que se pretende com ela, acompanhe material distribuído pela assessoria do parlamentar. A foto é de Britto Jr, da Agência Câmara de Notícias. A seguir:

CLP reúne-se com Movimentos Sociais e Entidades da Sociedade Civil

Presidida pelo deputado federal Paulo Pimenta (PT-RS), a Comissão de Legislação Participativa (CLP) realiza nesta quinta-feira (18), às 8h30, reunião com os representantes dos Movimentos Sociais e Entidades da Sociedade Civil, para tratar das atividades da Comissão durante 2010. Essa será a primeira atividade da CLP nesse ano, sob o comando de Paulo Pimenta, eleito no último dia 3 de março. 

A CLP é um dos principais canais da sociedade civil organizada com o Parlamento, sendo um importante mecanismo de participação popular no processo legislativo federal. Entretanto, conforme o Presidente Paulo Pimenta, para que as demandas populares ecoem com a devida força dentro desta Casa, é fundamental que os movimentos sociais e entidades da sociedade civil reconheçam esta Comissão como um espaço popular e participem, efetiva e permanentemente, de seus trabalhos.

O deputado Paulo Pimenta, com o apoio dos demais membros da Comissão, prosseguirá no trabalho de expandir este espaço a toda a sociedade civil organizada que, segundo ele, “encontrará todas as portas abertas para apresentar suas demandas e sugestões de proposições legislativas”.

SIGA O SITÍO NO TWITTER

ATENÇÃO


1) Tua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo