ColunaObservatório

COLUNA OBSERVATÓRIO. A boca do monte a caminho da Revolução Federalista

Isso é história!

 “1892, 24 de outubro – Incidente entre o delegado de polícia José de Souza Vinhas e João Daudt F°.

30 de outubro – O delegado Vinhas prende, em um quarto do Hotel Leon, o capitão reformado Honório Felisberto Pereira de Barcelos, que se dirige à Serra com cartas de ligação aos políticos federalistas em preparativos de revolução. Em conseqüência desse fato, desenrolam-se no dia seguinte sangrentos sucessos em P. Alegre, por ocasião da prisão de alguns conspiradores, entre eles Facundo Tavares, que oferece resistência e só se entrega depois de mortos dois de seus filhos e feridos ele, o oficial da escolta e o próprio comandante geral da Brigada Militar; e Frederico Haensel, que também resiste e é morto por uma escolta.”

(Do volume 1 – 1877-1930 do livro “Cronologia Histórica de Santa Maria…”, de Romeu Beltrão, editado em 1958)

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Um Comentário

  1. Bom dia Claudemir.
    Me diga é possível adquirir o livro do Romeu Beltrão, existe a venda em Santa Maria? Um abraço. (NOTA DO SÍTIO – até onde o editor sabe, o livro está esgotado. Mas eis, aí, uma boa idéia para as organizações culturais da cidade)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo