’TRACKING’. Dilma, com 50%, perdeu 1% para minúsculos e mantém-se 15% à frente de todos

O “tracking” (pesquisa diária feita por telefone) do Vox Populi, contratado pelo portal iG e pela TV Bandeirantes, registra hoje uma queda de 1% de Dilma Rousseff (PT) em relação a ontem. O curioso é que, com o mesmo percentual ficaram os candidatos minúsculos somados, e não para seus perseguidores José Serra (PSDB) e Marina Silva (PV), que continuam no mesmo lugar.

De todo modo, houve uma queda real de 2%. Que, no entanto, significam pouco (está dentro da margem de erro), especialmente porque a candidata ainda tem 15% além do que a soma de todos os outros candidatos e, assim, venceria no primeiro turno. Detalhes, a seguir:

Tracking Vox Populi/Band/iG: Dilma recua para 50%

…A presidenciável do PT, Dilma Rousseff, oscilou um ponto negativamente no tracking Vox Populi/Band/iG desta sexta-feira. A petista tinha 51% das intenções de voto na medição de ontem e hoje chegou a 50% da preferência do eleitorado.

De acordo com o Vox Populi, o candidato do PSDB, José Serra, manteve-se com os mesmos 24% observados na medição de quinta. A presidenciável, Marina Silva (PV), que tinha subido um ponto na medição do dia anterior, hoje manteve os mesmos 10% das intenções de voto.

Os números mantêm a perspectiva de uma vitória de Dilma no primeiro turno, já que a petista permanece com 15 pontos de vantagem sobre a soma das intenções de voto contabilizadas por seus adversários. Essa distância, entretanto, era de 17 pontos no dia anterior.

Com a oscilação desta sexta-feira, Dilma acumula três pontos percentuais de queda desde a medição do início desta semana. Apesar da queda, ela ainda está 26 pontos percentuais à frente de Serra.

O Vox Populi aponta ainda que 11% dos entrevistados se declaram indecisos e outros 4% dizem que optarão pelo voto em branco no dia 03 de outubro. A sondagem revela, ainda, que 1% dos entrevistados pretendem votar em candidatos nanicos…”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI

SIGA O SITÍO NO TWITTER



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *