EconomiaEducaçãoTrabalho

TESOURA. Corte de R$ 50 bi, por Dilma, na mira de 3 professores de economia de SM

Três professores de economia – Sérgio Prieb, Roberto da Luz Júnior e José Maria Pereira – todos bastante reconhecidos por sua capacidade, criticam, com maior ou menor veemência, as medidas anunciadas há alguns dias pela presidente Dilma Rousseff – que indica o corte de R$ 50 bilhões no Orçamento da União.

Mais que isso, parte das medidas pode atingir diretamente a educação. O que eles disseram você pode conferir no material produzido pela assessoria de imprensa da Seção Sindical dos Docentes da UFSM. A reportagem é de Fritz R. Nunes. Acompanhe:

Economistas da UFSM criticam cortes do governo

Se a candidata Dilma Rousseff tivesse dito que faria um ajuste fiscal e que cortaria R$ 50 bilhões do orçamento da União, durante o processo eleitoral, provavelmente a população teria reagido de forma diferente nas urnas, avalia o professor de Economia da UFSM, que é também diretor da SEDUFSM, Sérgio Prieb.

Com essa tesourada nos recursos, o governo aponta, segundo o professor, para o cumprimento de compromissos com os banqueiros, pois economiza para pagar a dívida. Prieb destaca que, em 2010, de um orçamento de R$ 1,8 trilhão, um total de R$ 777 bilhões foi consumido pela dívida pública e mais R$ 138 bilhões com juros e encargos, comprometendo mais de 40% de todo o orçamento.

Para se ter uma ideia do que representará o corte de R$ 50 bi, o Ministério da Educação deverá sofrer uma secção de pelo menos R$ 1 bi. Esse valor é quase duas vezes o que o órgão gastou em livros didáticos do 1º ao 5º ano do ensino fundamental em 2010 (R$ 513 milhões). Com o dinheiro também seria possível financiar mais de 800 creches e pré-escolas…”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI.

SIGA O SITÍO NO TWITTER

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Um Comentário

  1. Meu Teus do zéu… cuanto tinheirro e a schente facendo egonomia de luz no casa do Opa.

    Oidocentas greches, potia cuitar de tanta crianza…

    No gampanha o Tilma diçe que o Prazil tave bem pom, cad~e este Prazil do gampanha? Acorra falem de aroxo. Fão aroxar quem? O bezoa que fez o gampanha e fez os conta tudo erado? Fez o Tilma mentir bra nós.. poprezinha do Tilma…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo