EconomiaPrefeitura

DOIS ANOS. Discurso otimista marca relato de Schirmer aos industriais da construção

Schirmer com empresários: entusiasmo com o já foi feito e confiança no futuro

O prefeito Cezar Schirmer, acompanhado dos secretários Marcelo Bisogno (Controle e Mobilidade Urbana) e Haroldo Pouey (Chefe de Gabinete), fez nesta quarta-feira mais um balanço dos seus primeiros anos de administração. E projetou novas obras para os dois que lhe restam de governo.

Foi, como já havia ocorrido no mês passado, na Câmara de Vereadores, um discurso otimista, em que realizações foram enfatizadas em várias áreas. Inclusive no setor de Construção, no qual atuam seus anfitriões, mas também em “saúde, habitação e regularização fundiária, turismo, transporte coletivo e desenvolvimento econômico.

Para saber mais do que disse o prefeito, e também o líder da categoria da Construção, Luiz Fernando Pacheco, confira o material produzido pela Coordenadoria de Comunicação Social da Prefeitura. O texto é de Luiz Otávio Prates, com foto de Felipe Pires. A seguir:

 “Prefeito faz balanço de dois anos de administração na primeira reunião-almoço do Sinduscon

No início da tarde desta quarta-feira (16), o prefeito Cezar Schirmer participou da primeira reunião almoço promovida pelo Sindicato da Indústria da Construção Civil de Santa Maria (Sinduscon) neste ano. O chefe do Executivo, que acompanha o encontro desde o início do governo, a convite da associação, fez questão de apresentar as ações realizadas durante os dois primeiros anos da atual administração, principalmente no que diz respeito à atividade da construção civil.

Durante o encontro, o presidente da associação, Luiz Fernando Pacheco, exaltou o trabalho realizado pelo atual Governo. “Hoje, o Sinduscon não tem hora para falar com o prefeito. Ele aproximou a entidade da administração”, comemora. Pacheco colocou a escassez de mão de obra como principal dificuldade verificada no setor. Para o prefeito Schirmer, a cidade possui características peculiares quanto a recursos humanos. “Enquanto a cidade exporta mão de obra altamente qualificada, importa profissionais pouco capacitados”, avalia.

Schirmer ainda lembrou o apoio da Prefeitura ao setor na promoção de cursos gratuitos para 200 mulheres na área da construção civil, com intuito de qualificar a mão de obra. “Estamos auxiliando, também, as empresas com eventuais dificuldades”, comenta. Em seguida, o chefe do Executivo garantiu mudanças no sistema de avaliação de projetos civis. “Queremos valorizar os profissionais sérios e competentes. O caminho é fiscalizar para identificar e autuar as obras irregulares”, verifica…

O prefeito fez, de forma sucinta, um balanço das ações realizadas nos últimos dois anos pelo atual governo. Sobre educação, Schirmer destacou o investimento feito na reforma e construção de novas escolas para o município, na compra de equipamentos para modernização e na aquisição de uniformes. “O investimento que…”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI.

SIGA O SITÍO NO TWITTER

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

2 Comentários

  1. Muito bem, o arquivo da dapv ficou fechado por 30 dias, pq um funcionario(o unico) saiu de férias, um alinhamento demora 45 dias, um projeto para analisar 60 dias, para aprovar um ano.
    Ta bom só que seja p ti.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo