LUNETA ELETRÔNICA. Juventude do PP, Lula e FH, sessão da AL, Chicão e arrozeiros

* Antes da convenção dominical, o Partido Progressista elege os novos diretórios de seus setores Feminino e Jovem.

* A Juventude do PP se reúne nesta quarta, entre 5 da tarde e 8 da noite, no plenarinho da Câmara de Vereadores. Todos os filiados, entre 16 e 35 anos, poderão votar.

* Haverá, isso é certo, uma chapa única. Mas seus nomes ainda não estavam fechados, até esta noite. Definição? Só à tarde.

* Ah, também nesta convenção, após a escolha do Diretório haverá também a eleição dos novos integrantes da Executiva. E indicados os 7 nomes da Juventude para compor o Diretório Municipal do PP, domingo.

* Relator da Comissão da Câmara que trata da reforma política, Henrique Fontana (PT/RS), anunciou a ideia de convidar dois ilustríssimos, para audiência sobre o tema.

* No caso, os ex-presidentes da República Luiz Inácio Lula da Silva (PT)  e Fernando Henrique Cardoso (PSDB).

* Antes disso, porém, já adiantou que seu parecer deve prever o financiamento público de campanha e o voto proporcional misto, no qual o eleitor vota duas vezes: uma na lista partidária, outra pelo voto nominal.

* Convicção claudemiriana. Um e outro serão rejeitados no plenário da Câmara dos Deputados. Ah, a opinião do sítio? É favorável. Mas e daí?

* Assembleia Legislativa gaúcha aprovou três projetos, nesta terça. Um deles é o que reserva 10% das casas ou lotes urbanos objeto de programas públicos gaúchos, para portadores de deficiência.

* Ah, mais uma vez ficou fora da pauta o projeto do Executivo que cria as já famosas Casas da Solidariedade.

* A comissão de Agricultura, presidida pelo deputado Chicão Gorski (PP) encaminhará documento ao governo federal, reiterando pleitos dos arrozeiros gaúchos.

* Estes querem a suspensão imediata das importações de arroz proveniente do Mercosul e o escoamento de 2 milhões de toneladas do produto gaúcho para fora do País, entre outras reivindicações.

* A decisão de se dirigir ao governo central foi tomada durante audiência pública da Comissão, acontecido nesta terça-feira, em Uruguaiana.

* O debate teve a presença de cerca de 1,5 mil orizicultores gaúchos e catarinenes, além de autoridades e representantes da categoria arrozeira.

SIGA O SITÍO NO TWITTER



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *