EsporteNegócios

NEGÓCIOS. Esqueça de clubes e CBF. Quem mandará no futebol brasileiro é a Globo

Os clubes se renderam. Não tem dinheiro pra nada. Foram procurar quem tem pra tudo. Resultado: mais do que hoje, muuuuito mais, quem mandará no futebol brasileiro a partir de 2012 não é Fábio Koff (até ontem o manda-chuva do “Clube dos 13”, que juntava no mesmo balaio as principais forças futebolísticas brasileiras). Nem a Confederação Brasileira de Futebol, em tese a organizadora dos campeonatos em todos os níveis, exceto os regionais.

Não, definitivamente, não. Quem mandará no futebol brasileiro, pelo menos nas divisões principais em caráter nacional é a Rede Globo de Televisão. A última etapa desse processo, que começou faz algum tempo, se deu ontem, em território bandeirante. Quer saber mais? Basta ler a Folha de São Paulo de hoje. A reportagem é de Rodrigo Mattos. Confira:

Nacional da Globo cria nova ordem no futebol brasileiro

Determinado em reunião ontem, o rompimento do Clube dos 13 com a Rede TV! acabou, em definitivo, com a negociação coletiva de direitos de TV pelos times nacionais, vigente nos últimos 24 anos.

Valem os acordos individuais já feitos por 16 clubes com a Globo. Serão 18, pois Atlético-MG e Internacional confirmaram que devem assinar com a emissora. É o fim da união dos clubes em torno de sua principal fonte de renda. É o início de uma era em que aumenta o desequilíbrio entre os times.

Um reflexo disso é o cenário que desenha a nova liderança do presidente do Corinthians, Andres Sanchez. Antes da reunião, ele articulou com o presidente do C13, Fábio Koff, uma saída para a disputa das emissoras pelos direitos de TV do Brasileiro entre 2012-2015…”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI.

SIGA O SITÍO NO TWITTER

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

2 Comentários

  1. Muito bom.
    Apesar de todo tipo de criticas que se possa fazer, a Rede Globo é – DISPARADO! – a emissora com melhor qualidade técnica e capacidade operacional para transmitir eventos esportivos no pais.

  2. Hoje já somos obrigados a ver jogos já quase de madrugada por conta da novela.
    Acho que o próximo passo será o jogo fragmentado. Só terá andamento durante os intervalos da globo.
    E pensar que muitos e muitos brasileiros tem a globo apenas como uma mera emissora de televisão. Vamos acordar pessoal! Prestem atenção no comportamento deste grupo nas campanhas eleitorais, por exemplo. Os interesses são grandiosos e milionários.
    Fazendo uma piadinha de gremista: Vocês não acharam estranho a cobrança de pênalte do Borges? Pois é. Ele fez aquilo por que a RBS quer que tenha mais dois grenais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo