ColunaObservatório

COLUNA OBSERVATÓRIO. As razões por que Schirmer muda nomes no 7° andar do CAM

Tão logo retorne das férias, informadas em primeira mão por A Razão na quinta-feira, o prefeito Cezar Schirmer confirmará duas decisões: (1) acaba a interinidade de Magali Marques da Rocha no posto de Chefe de Gabinete. Ela vira titular.  E (2) Rogério Assis Brasil, atual secretário adjunto de Turismo, se transforma em Subchefe de Gabinete.

Não se trata de mera colocação de peças, como pode parecer num primeiro momento. O fato é que, no entendimento dos que com Schirmer fazem a articulação do governo, Magali possui a capacidade (e a maleabilidade, conforme o caso) política necessária nesse momento. Inclusive para papear, de igual para igual, com outros políticos, de dentro e fora da prefeitura.

A grande mudança, no entanto, é a chegada de Assis Brasil – cuja operosidade é bastante apreciada por Schirmer. E, no entendimento do prefeito, que o quer mais próximo, no sétimo andar (enquanto não for para a SUCV, claro) do Centro Administrativo, seguirá tocando, entre outros, todos os principais projetos ligados diretamente à área do turismo. Algo, aliás, que já faz agora – durante as ausências (não tão raras assim) da titular da secretaria, a professora Norma Moesch.

Nesse pequeno jogo de xadrez montado pelo prefeito só falta encaixar uma peça. Ou, por outra, decidir quem a representará. No caso, o substituto de Rogério Assis Brasil na posição número 2 do Turismo. Quem será? Perdão, mas a coluna não tem nem ideia.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo