JudiciárioPartidosPolítica

E AGORA? O risco, real, de o PSD morrer antes de nascer. Já o PPL está esperançoso

Conversei, semana passada, com o vereador Werner Rempel, o líder maior e organizador, em Santa Maria, do Partido Pátria Livre. De um lado, manifestava-se esperançoso com a confirmação, pelo Tribunal Superior Eleitoral, do registro do partido até 6 de outubro. Portanto, em condições legais de participar do pleito do próximo ano.

Também deixou claro, mais uma vez, que sua missão política é a organização do PPL, descartando a refiliação ao PT ou a ida para qualquer outra sigla, na hipótese de atraso do registro. Dito isto, situação bem mais preocupante é a do Partido Social Democrático. Nascido de cima para baixo, corre sério risco de se inviabilizar, mesmo depois de todo o auê criado no Brasil inteiro.

Aliás, a situação já deixa com os nervos à flor da pele muuuita gente boa, que se mandou do DEM, especialmente, e de outras siglas, por conta da nova agremiação. Sobre esse nervosismo, quem escreve é o jornalista Josias de Souza, da Folha de São Paulo. Confira:

Indefinição do TSE deixa adeptos do PSD em ‘pânico’

Ao adiar para esta terça (27) o julgamento do pedido de registro do PSD, o TSE fez correr um frêmito de apreensão nas “fileiras” do novo partido de Gilberto Kassab. Em conversa com o repórter, na noite deste domingo (25), um dos deputados federais que aguardam a decisão da Justiça Eleitoral disse: “A situação é de pânico”.

O deputado apavorado encontra-se com a mala acomodada na porta de saída do DEM. Orientou o grupo que segue sua liderança no Estado – prefeitos, vereadores e deputados estaduais – a fazer o mesmo. Recebera dos mandachuvas do PSD avaliações otimistas. Dava-se de barato que o TSE aprovaria o registro da nova legenda na quinta-feira (22) passada. Deu chabu…”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI.

SIGA O SITÍO NO TWITTER

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

7 Comentários

  1. @Leandro Passos Rodrigues
    é vc e o Sr:Saul que gostam de pregar moral e com mesmo dizer no final PASSE BEM!!!!vcs acham que são donos das verdade vai se enchergar e respeitar as pessoas antes de falar bobagem!!!a mais não perco mais tempo contigo!

  2. @Lucianinho Primeiro, o Werner não é meu exemplo de vida e nem quero chegar aos pés de ninguém. Segundo, não sou filiado a nenhum partido pois nenhum serve, estão todos precisando de boas faxinas e reformas. Terceiro, se o Douto não quisesse críticas que não se tornasse um homem público. Quarto: onde que está a ação fiscalizadora do vereador. Muito fala e pouco faz (como é normal). E não farei campanha para eleger e sim campanha para que as pessoas reflitam mais antes de votar, que elas sejam críticas, que não caiam na lábia de campanha, mostrar realmente quem são os candidatos (prós e contras) sem me basear em discurso de assessor ou de Blogs pessoais de cada um… Se tal vereador é médico, é isso iou aquilo fora da Câmara não interessa. O que interessa é a forma como ele está atuando dentro daquilo para qual foi eleito. Passar bem…

  3. @Lucianinho Defendi minha opinião, é a minha leitura do discurso, assim como tu fez a leitura do meu discurso como uma falta de respeito. É meu direito opinar e vejo desta forma. Na minha opinião o país NÃO precisa de mais partidos, pois é só perda de tempo… Dai eles tem direito a um fundo partidário entre outras coisas. Ele pode ser muito inteligente, eloquente em seus discursos, mas deveria aplicar de uma forma mais positiva, de uma forma mais combativa ao caos que está a política de hoje e não é o que eu vejo. Vejo alguém que nada conforme a maré, que não impõe e que está igual aos outros… Político profissional.

  4. Também o PSD só tem Kassab, já o PPL vai apresentar o Mortari nos próximos dias e aí vai dar empate denovo na questão dos 21, Werner à favor e Marion contra!Hehehehe que coisa né!
    E afinal quem tem razão? O dr. Zinn ou o dr.Adede Y Castro?
    Hehehehehe
    A Helen diria:
    -O Diário de Santa Maria comigo na capa é claro!Hehehehe

  5. Vou rir muito disso. Ah propósito, o Partido Pátria Livre quer ser livre do que??? Hummm acho que uma das coisas é da Imprensa se analisarmos o discurso do Werner. Será que quer ser livre de empecilhos para que seja mais um partido onde o que impera são os interesses financeiros que uma legenda pode conseguir… Então Pátria Livre do que????

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo