ColunaObservatório

COLUNA OBSERVATÓRIO. A conjuntura muda, mas o favoritismo permanece, na Câmara

Não custa lembrar

Em 8 de outubro de 2005:

 “Presta atenção: com 21 vagas disponíveis na Câmara de Vereadores, os atuais ocupantes dos cargos (e os primeiros suplentes que assumirem mandato) levam bastante vantagem.

Ainda assim, dada a disposição renovadora do eleitor, tem gente com bastante medo de ficar pelo caminho e começa imediatamente a campanha.

Cá entre nós, algumas atitudes (especialmente as contraditórias com o que se pregava em tempos nem tão remotos) serão cobradas. Aliás, já são. Daí o temor.”

Hoje:

As notas, da seção “Luneta”, foram publicadas há exatamente um ano. O que mudou, de lá para cá? Além da discussão sobre a redução para 14 cadeiras e o eventual enrosco jurídico que pode estar a caminho, há dois partidos novatos no parlamento da comuna.

E continua o favoritismo dos que já estão por lá, com a volta das 21 cadeiras? Sim. E não. Vai depender muito das alianças. É improvável que, sozinhos, PSD e PPL possam obter votos suficientes para garantir-lhes vaga.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Um Comentário

  1. Boa tarde, penso que existe sim favoritismo para alguns do atuais Edís, mas alguns não se reelegem nem com Banda de música. Depois de tudo que tenho lido, principalmente de pessoas que conhecem as Leis, não acredito que tenhamos 21 Vereadores na próxima Legislatura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo